segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Fatos de Junho - Festa do Padroeiro

Abertura da Festa de São João Batista e Jantar – 15 de junho - O São João em São João iniciou com muita festa e confraternização. A procissão de abertura ocorreu no com presença dos peregrinos de São João Batista, grupo formado por sabugienses residentes em Caicó. Eles vêm caminhando da terra de Sant’Ana até a terra de São João Batista. Saem de Caicó ao amanhecer do dia 15 e chegam em São João ao entardecer. São recepcionados no Sítio de Macilon ( antes da ponte) e participam da procissão e primeira novena do padroeiro na Igreja Matriz.
Após a novena, houve Jantar de São João Batista com animação de Paulo Lúcio Dantas e Carlos Guedes, que encantaram com sax, violão e voz, no Espaço de Eventos.
Festa do Agricultor – 18 de junho A festa inicia com passeata dos homens do campo pelas principais ruas da cidade. Após a passeata com frutos da colheita deste ano, Missa em Ação de Graças e almoço para todos os presentes no Espaço de Eventos, reunindo todas as famílias sabugienses em clima de confraternização. Após o almoço, iniciou forró com banda Cipó de Boi. O forró lotou a praça por toda a tarde do dia 18, iniciando às 13h e permanecendo até às 18h. O evento tem organização e apoio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Município e Secretaria Municipal de Agricultura. Parabéns as famílias do nosso sertão, em especial aos agricultores que perpetuam este evento, ao longo dos anos.
Grupo de Idosos – 19 de junho – O grupo de idosos Recordação do Passado, com o sanfoneiro Zé de Jarda, triângulo e zabumba, fizeram a festa no Espaço de Eventos com muito forró pé-de-serra, um encanto para a platéia.
Rainha da Festa 2007 – 22 de junho O promotor de eventos e historiador João Quintino, mais uma vez, encantou os eventos juninos, com o desfile cheio de glamour, mesclado com muita cultura popular, no evento para escolha da Rainha da Festa, onde concorrem as mais belas da cidade. A eleita foi Luiza Morais de Medeiros, filha de Aluízio Medeiros e Maria Salete de Morais Medeiros.
Lançamento do CD Sopro Bizantino - 23 de junho Urbano Medeiros, saxofonista sabugiense, mundialmente conhecido, lançou seu CD Sopro Bizantino, na casa de Dercílio Morais. Os irmãos Urbano e Totó Medeiros encantaram os presentes com o som da clarineta e da flauta transversal. Também esteve presente, o músico Vonarte Brito (Cascão) que, com Urbano e Ubaldo Medeiros, recordaram os métodos de solfejos ensinados pelo saudoso maestro Manoel Felipe Nery.
Salva – 23 de junho - Faltando poucos minutos para o meio-dia, de 23 de junho, os músicos da Filarmônica Honório Maciel seguiram para a Igreja Matriz, para a tradicional “salva”. No adro da Igreja, os filhos da terra ficam reunidos, contemplando e se emocionando com os acordes.
Espaço de Eventos - 23 de junho -A mistura de Cinzeiro de Motel com Beto Barbosa e Trio Aruanda, na noite de 23 de junho, serviu para comprovar a preferência pelo forró de outrora. O Trio Aruanda, com músicas de Luiz Gonzaga e outras músicas do forró tradicional, abrilhantou a madrugada e chegou as 8h30 com muita gente arrastando a sandália no Espaço de Eventos. Não foram poucos os que lamentaram o Trio Aruanda não ter sido o primeiro ou segundo grupo a se apresentar. Cinzeiro de Motel e Beto Barbosa também cumpriram o papel de animar a galera, sobretudo, a juventude mas o Trio Aruanda realmente ganhou a liderança da platéia de todas as idades.
Em outras noites da festa, algumas bandas, que faço questão de nem lembrar o nome, usaram e abusaram de músicas ( se é que pode chamar de música...) que deixam muito a desejar nas suas composições. Não me pergunte onde está o senso crítico destas bandas, dos compositores, de sua platéia ou de quem os contrata...
Almoço de São João Batista – 24 de junho - O tradicional Almoço de São João Batista reuniu sabugienses no Espaço de Eventos Manoel Leandro, com um cardápio típico do sertanejo, incluindo galinha caipira, arroz de leite, panelada e farofa, além de outros pratos. Como sugestão, eu diria que no próximo ano tenha um sanfoneiro da terra ou mesmo um CD do nosso forró, para animar o ambiente...Só faltou isso!
Missa Solene e Procissão – 24 de junho - A Missa Solene de São João Batista foi celebrada pelo Pároco Givanildo Medeiros, Pe. Janilson Alves, Pe. Ivanoff Costa e os sacerdotes filhos da terra, Pe. Edvan Araújo de Lucena e Pe. Valdir Cândido. Antecedendo a leitura do evangelho, um jovem vestido de João Batista levou a Bíblia Sagrada até o altar de São João. A homilia da missa solene foi proferida pelo Pe. Edvan Araújo de Lucena que enfatizou a necessidade de estarmos abertos para os ensinamentos de Deus. Com sua forma genuína e sertaneja de ser ele destacou: “Se a água de chuva cai da bica, mas a lata está virada para baixo, não tem como aparar água. Assim também é a palavra de Deus, ela vem ao nosso encontro mas precisamos estar de coração aberto...”
O Ministério de Música “O Profeta” coordenado por Valter Jr. entoou os cânticos das celebrações de toda a festa do padroeiro, inclusive da Missa Solene.
No encerramento, ocorreu Procissão, Missa e descida da bandeira, sob acordes da Filarmônica Honório Maciel. Após a descida da bandeira, houve apresentação do Auto de São João Batista, sob organização da Fundação José Augusto e Teatro Alberto Maranhão.
Outros eventos: Houve entrega de títulos de cidadão sabugiense a várias personalidades de diversos âmbitos. Vale destacar que alguns homenageados renderam aos sabugienses, a pergunta atrevida: “o que fez por São João para receber tal título???” Outro evento que marcou os festejos foi a já tradicional Noite dos Poetas, com apresentação de belas poesias de nossos artistas. Este evento foi perfeito na essência e na produção.
Anna Jailma - jornalista.

Nenhum comentário: