domingo, 5 de agosto de 2007

Seresta Lins em 26 de junho






A música está na veia dos sabugienses. Quem não toca, canta, ou faz as duas coisas juntas, e quem não toca nem canta ( como eu) simplesmente ama ouvir... Na noite de 26 de junho, a família Lins reuniu amigos na residência de D. Socorro Lins, para uma gostosa seresta familiar.
No violão Aldo Paiva, Elviro Lins (Elvirinho) e Oswaldo Lins (Vavá); no teclado, Flávio Lins (filho de Socorro); na voz, Ubirajara Nóbrega, Elvirinho (toca e canta), Marconi Lucena, Nanu Dantas e minha mãe, Ermita Lucena. Na platéia: Cida Galvão, Zeneide Lucena, Flávio Azevedo e Clélia, Deca Queiróz e Alzirinha Lins, Ivan Cavalcanti e Mariana Fonseca, Francisca (esposa de Vavá), Eneida (esposa de Elvirinho) e a filha Tatiana, Marcos Antônio Brito e Marlene, Marli Lucena, Edivaldo Januário e Raimunda ( de Manoelzinho Pereira), com a filha Janaína e o neto Rafael, Dercílio Morais, e eu.
A família Lins caprichou na recepção aos convidados e as delícias do sertão marcaram presença na mesa. A seresta balançou corações com as músicas que marcaram época: Índia, Negue, Fascinação, A Volta do Boêmio, Casinha Branca, Beija-me Muito, Perfídia, Quem Eu Quero Não Me Quer, Cinderela, Jaçanã, e muitas outras.
Para quem ainda não sabe, em agosto, a cidade festeja a “Semana do Folclore” com vários eventos culturais e uma serenata, reunindo todo este pessoal citado e outros músicos e seresteiros da terra sabugiense. O grupo sai pelas ruas fazendo serenata por toda a madrugada, em pleno luar de agosto. É simplesmente maravilhoso. Vá pensando nisso...

Abraço.

Anna Jailma – jornalista.

Nenhum comentário: