sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Netos do Sabugi IV - Cláudia Queirós



Fotos (albúm de família)

Cláudia de Medeiros Queirós é filha de Arnaldo Queirós e da sabugiense Antônia Medeiros (conhecida em São João como “Toinha de Sérvula”). Nascida em Soledade, PB, Cláudia cresceu ouvindo histórias sobre São João do Sabugi; incluindo lendas, figuras folclóricas da cidade, fatos inusitados, retratos da cultura popular da terra. “São João representa para mim, parte da minha história, porque é a vida da minha mãe, é a história de amor dos meus pais e muito da história de painho também, de trabalho, de bares. Na minha vida particularmente, São João é um canto de repouso, é um celeiro de cultura, é um lugar abençoado, São João é um lugar especial”, destaca Cláudia.
As histórias que Cláudia ouvia eram tantas que quando morava em Soledade e visitava São João, ela fazia questão de visitar todos os personagens dos “contos” que ouvia. E assim, se fez parte de São João do Sabugi, conhecida por todos, amiga dos sabugienses.
Reside em Caicó há 7 anos, as vezes aparece na terra da Serra do Mulungu “dando o ar de sua graça”. Católica, universitária do curso de Teologia e integrante da Renovação Carismática Católica, quando visita a terra sabugiense também se faz presente na Igreja Matriz de São João Batista. Quando fala da presença de Deus, ela é enfática: “Deus é a minha vida. Esses dias falei isso a alguém, porque Ele não é aquele Deus do céu, que as pessoas falam; mas, é o concreto em mim. Não consigo separar o Deus das minhas orações e minha vida à parte. Ele está em cada pequena coisa na minha vida e não tenho como não acreditar; porque Ele é minha razão maior de viver e de suportar os trancos da vida”, diz Cláudia.
Tratando-se de sonhos, Cláudia afirma que Deus realiza todos os seus sonhos, mas, pensando num especial, que atenda a toda humanidade, ela cita a cura definitiva do câncer. “Esse negócio de sonho é complicado, porque eu não sonho muito (risos). Acho que meu sonho hoje não é particular, pois, Deus sempre realiza os meus pequenos sonhos. Meu sonho hoje seria a cura do câncer no mundo, porque tenho me assustado com o número de pessoas que temos perdido com esta maldita doença”, conclui.
Cláudia é uma neta do Sabugi, paraibana, filha de sabugiense, e muito bem adotada por todos os filhos desta terra.



Anna Jailma - jornalista e blogueira.

9 comentários:

Cláudia Queirós disse...

Tenho q comentar né?(RISOS)Agradecer antes de tudo a Jailma pela homenagem, pq pra mim o é, pois falar de São João p mim é sempre prazeroso, pois o carinho que tenho por aquela cidade é o mesmo que tenho por Soledade e como as vezes eu achava q painho se sentia um pouco de S.João, eu também me sinto, e qdo estou em algum lugar q falam em S.João, eu sempre digo: presente!kkkk Vlw garota!Q mais netos deste pé de serra esquisito e amado tenham orgulho das suas origens.

Merinha disse...

Olá Jailma!Vc está de parabéns!E abriu com chave de ouro sua matéria " Netos do Sabugi".Ninguém mais indicada do que minha amiga Cláudia Queirós para falar um pouco a respeito dessa cidade maravilhosa. Apesar de ser natural de Soledade/PB ela é Sabugiense de coração e orgulhasse disso.
Parabéns mais uma vez!
Beijos

Anônimo disse...

Continuação:Sim!(rsrsrsrs)Esqueci de falar, também tenho raízes sabugienses. Sou neta de Silvina Alta, Filha do tão conhecido Manoel Gaguim e casada com João Benigno, Meu Pai é conhecido por Zé benigno.Confesso que apesar de morar tão pertinho fui poucas vezes a São João, mais essas poucas vezes foram o bastante para me apaixonar pela hospitalidade do seu povo e o carisma da Cidade!

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Cláudia e Meirinha, obrigada pela nobre visita ao blog. Fico grata pelos elogios e feliz porque os sorrisos mais perfeitos do Seridó pousaram por aqui, afinal, vocês são UNIODONTO (acabo de fazer propaganda gratuita no blog...)!
Abraço pra todos.

Ariane disse...

AFF, sei não.... nunca pensei que ser neta de Lair Bezerra de Araújo e Severino Sabino de Araújo me deixaria tão famosa na NET, kkkkkkk. Bom, sou neta de São João do Sabugi com muito orgulho e carinho. E nada mais justo do que a homenagem feita a Claudinha, pois apesar dela ser "original" de Soledade sabe da origem de todos e todas desta cidade que produz frutos de excelência como nós(RISOS). Beijos.

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Ariane,

Adorei sua modéstia. Se considerar "fruto de excelência" é próprio do sabugiense, pois, valorizamos muito e incondicionalmente o que vem da terra sabugiense. Bem-vinda ao blog!

amaury disse...

amaury disse...
como é bom ver comentários positivos sobre claudia. Só que me fez sentir neste mommento uma grande saudade de arnaldo queiroz (maior intelectual de soledade) e pepino, agripino (meu sobrinho) que era fã Nº l de claudia. um abraço claudia e um obrigado a jailma

Cláudia Queirós disse...

ô! Amaury, meu querido professor de Biologia, obrigada! Não sei como vc achou este blog, mas fiquei tão feliz, qdo fiquei sabendo deste comentário,vc faz parte da minha história de vida,da minha educação,é dos que tenho como da minha família, afinal, os tios de pipino são um pouco meus tios também né?não foi tio no colégio pq o ídolo dos olégiais e pricipalmetente das colegiais, era o "Negão" kkk, mas se fose hoje era o" Tchio" kkk e também te sou muito grata pq sei de toda a tenção e respeito q vc sempre direcionou a painho. Muito obrigada! Eo carinho é recíproco. Um abração!