sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Longe de Casa IV - Elisa Helena




Fotos (albúm de família)

Elisa Helena de Medeiros Costa é uma sabugiense que reside em terra distante, há muitos anos. Ela reside em São Paulo, SP, desde 1959, onde casou-se e tem duas filhas. De São João do Sabugi, ela guarda lembranças da infância, como o banho de açude no Sítio Carneiro e sempre obteve notícias da terra natal, através de "Edgar Januário", seu irmão; também residente em São Paulo, mas, que sempre esteve visitando a terra natal.
Atualizada, antenada com as novas tecnologias, ela também obtém notícias daqui através da internet, pelos blogs sabugienses e pelo orkut; nas comunidades dedicadas aos filhos da terra que estão ausentes e aos amantes da Serra do Mulungu. Vale destacar que na eleição das 7 maravilhas do RN, Elisa Helena esteve integrada, junto ao irmão Edgar, fazendo campanha por votos para a Serra do Mulungu, entre familiares e amigos em São Paulo.
De um amor incondicional pelos que a rodeiam, Elisa transmite aos irmãos, em especial a Edgar, todas as notícias de São João do Sabugi. "A família para mim é um tesouro dado por Deus", diz ela. Paciente, alegre, amorosa, muito próxima aos familiares, quando indagada sobre um sonho realizado, ela enfatiza a independência das filhas: "A vida é um eterno realizar de sonhos, porém um que me realizou foi ver minhas duas filhas com sua independência financeira"destaca. Com olhar brilhante e riso sereno, ela transmite coração amplo, acolhedor e quando trata-se de citar sabugienses que admira, ela não pensa duas vezes:"meus pais, pela vitória de criar e educar para o mundo nove filhos úteis a nossa sociedade".
São Paulo, a terra da garoa, é para Elisa um lugar especial. Foi na capital paulista que ela constituiu família e trilhou o caminho de seu crescimento profissional, bem como, o crescimento de seus filhos. Por gostar de conviver, de trocar idéias e compartilhar bons momentos no círculo de amizades e na família, quando fala em medo, ela resume numa palavra: "solidão". Sobre o que mudaria em São João do Sabugi, ela aponta, com inteligência, a necessidade de saneamento: "apesar de pouco freqüentar São João do Sabugi ( por falta de oportunidade ) notei a falta de saneamento".
Com uma juventude permanente, que brota de seu íntimo, Elisa Helena vive o presente intensamente, tendo Deus presente em todos os seus atos, vivenciando entre os seus a troca de bons sentimentos, principalmente o companheirismo, a atenção, o carisma que vem da terra sertaneja, das raízes fecundas do Seridó.
Elisa Helena Medeiros da Costa, está "longe de casa"; mas, muito perto pela linha do coração.
Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: