segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Longe de Casa V - Olívio Araújo de Morais

Fotografias: arquivo pessoal de Olívio

Olívio Araújo de Morais, "Olívio de Livinha", é filho de Livinha Leal e Maria da Guia, residente em Hortolândia, SP, onde trabalha como supervisor de produção e construiu família, com esposa e dois filhos. Tratando-se de Deus, ele sintetiza "Deus é tudo" e quando o assunto é um lugar especial no mundo, ele responde com segurança:"São João do Sabugi".
Relembrando o cenário que forma São João do Sabugi nos momentos de recordação, Olívio cita a Praça; a ponte, onde passeava a tardinha; o São João em São João, que ele considera o melhor evento da cidade; os banhos de rio e de açude no inverno; a cajarana que cai do pé, direto no copo, no Bar da Cajarana, à beira do rio...
A última vez que Olívio esteve em São João foi em dezembro de 2004, quando viu pela última vez, seu avô "José Tenente". Desde esta época, as notícias da terra são adquiridas através de amigos, via blogs da cidade ou pelo orkut, onde ele participa de comunidades da cidade. Nas lembranças mais fortes estão as amizades, a família, a infância de outrora com brinquedos criativos e simples.
Quando trata-se de São João, o sabugiense que ele mais admira é o saudoso maestro Manoel Felipe Nery; o livro que ele leria novamente é "Quixeré", de Djanira Araújo; a música preferida é Hotel Califórnia ( música das muitas festas dos anos 80) e entre suas paisagens preferidas estão os açudes transbordando no inverno; o casarão do músico clarinetista José Honório; o solo árido do sertão; a Igreja Matriz de São João Batista; a Serra do Mulungu; o Rio Sabugi; a ponte que é lugar de passeio no fim de tarde; o entardecer no sertão...Sem dúvida, Olívio saiu de São João mas São João não saiu dele...
Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: