terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Netos do Sabugi V - Dodora Medeiros




















Dodora Medeiros é artista plástica, nascida em Caicó, filha dos sabugienses Bill Salvino Medeiros e Dalvaci Araújo. Pode-se dizer que Dodora “pinta o sete” e faz arte na vida. Na direção da Casa de Cultura, em Caicó, ela desenvolve um brilhante e reconhecido trabalho; onde a cultura do Seridó e a arte do povo da terra é valorizada, resgatada e transmitida para as novas gerações; inclusive revelando novos talentos em diversos segmentos.
Criativa e com a imaginação à mil, Dodora gosta de cores vivas, alegres, que transmitem vivacidade para qualquer ambiente. Percebe-se nas suas obras, a influência do renomado artista brasileiro Romero Brito, que reside em Miami, EUA, depois de ter suas obras entre as preferidas das celebridades. Assim como Romero, Dodora Medeiros faz uma rica mistura de colorido, alegria, imaginação e criatividade na sua arte, apresentando linhas, pontos, divisões e contornos fortes.
Recentemente, Dodora Medeiros expôs na Mostra Cultural de Caicó, ocorrida no Complexo Turístico da Ilha de Sant’Ana, em dezembro de 2007. Entre as obras estava um bumba-meu-boi colorido e enfeitado com fitas de cetim, um xique-xique nordestino, uma caricatura de Pixinguinha, que ela tem como uma de suas preferidas e não tem para venda e muitas outras. O colorido que envolve os pincéis de Dodora, contagia até os fãs de tons pastéis. É um estrondo de cores e arte. Além da arte em telas, ela já leva sua arte para objetos em barro e fica uma mistura que é beleza pura. Confira e mergulhe nesta explosão de cores...

4 comentários:

Romário Gomes disse...

Em tempo (atrasado): com relação à beleza do texto "Os encantos do nosso sertão" acho que não preciso dizer mais nada, né? Agora, Anna Jailma, onde foi que você leu o texto de Thaís Cazuza??? Em algum livro? Qual? Achou aonde? Acho que estou voando demais: não seria esta autora da família Cazuza do Seridó? Grato pela compreensão.

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Romário, a frase li no blog de Thaís Cazuza. O texto está com data de 13 de setembro de 2006. Ela se diz nascida no Acre, residente na Paraíba.Creio que não é a escritora da família seridoense. Segue o blog para você conhecer: http://thaiscazuza.spaces.live.com/blog/

João Quintino disse...

Jailma, as cores e as linhas são lindas. Vi influência do estilo de Romero Brito e, não sei se conscientemente, de Beatriz Milhazes, nos últimos quadros. Beatriz pinta florais psicodélicos que são demais e é considerada hoje uma das grandes pintoras nacionais. Sucesso e parabéns para Dodora. Abraços!

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Grata,JQ!Confesso que não conheço a obra de Beatriz Milhazes, mas Dodora, antenada como é, deve conhecer e admirar.