terça-feira, 17 de junho de 2008

10 anos...e parece que foi ontem.


"Naquela mesa ele sentava sempre
E me dizia sempre
O que é viver melhor
Naquela mesa ele contava histórias
Que hoje na memória eu guardo e sei de cor
Naquela mesa ele juntava a gente
E contava contente o que fez de manhã
E nos seus olhos era tanto brilho
Que mais que seu filho, eu fiquei seu fã..."

Em 16 de junho deste ano, as páginas da minha vida registraram dez anos da partida de meu pai. Parece que foi ontem sua partida e minha despedida na noite chuvosa em Natal..."naquela mesa está faltando ele e a saudade dele está doendo em mim..."


Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: