terça-feira, 23 de setembro de 2008

NOTÍCIAS DE BRASÍLIA II


Cerca de 200 índios da etnia pataxó hã hã hãe chegaram hoje a Brasília, para acompanhar o julgamento de uma ação que se arrasta há 26 anos no Supremo Tribunal Federal sobre a posse de terras no sul da Bahia. O julgamento está marcado para esta amanhã, dia 24.
A disputa envolve a validade de títulos de propriedades entregues a não-índios dentro de uma reserva indígena no sul do Bahia na década de 1970.
Em 1997, um dos líderes dos pataxó, Galdino Jesus dos Santos, foi queimado vivo em Brasília, onde estava para para reuniões que tratariam do assunto.


FOTO: Marcello Casal Jr.



Estou torcendo pela vitória dos índios nesta questão. Considero vergonhoso para a Justiça deste país e para todos nós, o assassinato cruel do índio Galdino.´
É mais um fato que comprova a injustiça que predomina neste país. Jovens da sociedade de Brasília queimaram Galdino vivo, enquanto ele dormia, e depois disseram que era somente uma "brincadeira".
As vezes, ou muitas vezes, dá vergonha de pertencer a raça humana...Muito melhor ser os chamados "animais irracionais" do que ser "racional" e agir com tamanha crueldade.


Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: