sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Adeus garimpeiro...



Adeus garimpeiro

Era uma vez um garimpeiro
De bateia pesada nas mãos
Seu nome, Antônio Vicente
Carregava um sonho inocente
No seu íntimo um objetivo
Que virou conto de fada
Sonhava encontrar uma pepita
Para realizar outros sonhos na vida
Os anos passaram
Aquela pepita não veio
Mas outros sonhos conseguiu
E assim como aquela mina...
O garimpeiro partiu...

À todos os familiares do Sr. Antônio Vicente de Medeiros, falecido ontem, aos 99 anos de idade, meus sentimentos solidários pela dor da partida.
Sr. Antônio Vicente foi garimpeiro na Mina Quixeré, que funcionou na década de 40, no Sítio Lagoa do Alto, pertencente a minha família paterna. Com bateia nas mãos e encantado com o brilho da sheelita, Sr. Antônio sonhava em encontrar uma pepita.
A pepita não veio mas sua história de vida, de homem trabalhador e dedicado a família, está perpetuada; tão brilhante e tão rica, quanto a pepita sonhada.
Um abraço de conforto à todos, em especial a sua filha Djanira de Araújo Medeiros, autora do Livro Quixeré e minha ex-professora, por quem tenho especial admiração.

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: