sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Governo Federal estuda formas de ajudar prefeituras endividadas


O Governo Federal é mesmo um “pai amoroso” com os prefeitos do país. Agora está estudando formas de ajudar prefeituras endividadas.
Na próxima terça-feira, dia 10, acontece Encontro Nacional dos Prefeitos em Brasília e na ocasião, o presidente Lula vai anunciar um pacote de medidas para ajudar as prefeituras em dificuldades financeiras.
Ontem, os ministros de Relações Institucionais, José Múcio, e da Fazenda, Guido Mantega, se reuniram para definir como o Governo vai poder contribuir para salvar as prefeituras.
Muitos prefeitos têm dificuldade em financiamento do governo devido dívidas com a Previdência Social, sendo impossibilitados de conseguir verba de qualquer ministério; então, os ministros estão estudando o que se pode fazer para também ajudar estas prefeituras. Ou seja, os governantes acumulam dívidas até mesmo com a Previdência Social e agora, o governo federal é que se preocupa, procurando contornar a situação para o município ter condições de conseguir verbas.
Entendo a posição do governo federal, mas questiono. Acredito que se não existir nenhum tipo de punição para estas exorbitantes e absurdas dívidas adquiridas nos governos municipais, vai ser cada vez melhor para a turma do colarinho branco...Se continuarem dando o peixe, essa turma não vai aprender a pescar nunca! Eles acumulam dívidas, gastando dinheiro público com "não sei o quê" e o governo torna a cobrir o buraco sem fundo...
O presidente do Senado José Sarney, assumiu esta semana já fazendo corte de 10% nos gastos considerados “desnecessários” e enquanto isso, o Poder Executivo continua “despreocupado” com as dívidas acumuladas, porque além, dos “tios” senadores, governadores e deputados, que contribuem com uma ajuda “aqui e acolá”, ainda tem o “paizão” governo federal para contornar a situação.

Em tempo: se algum político honesto estiver lendo este desabafo, me desculpe...mas a maioria da classe política, tira qualquer ser humano do sério.


Anna Jailma - jornalista e blogueira
Charge: Ique

Nenhum comentário: