terça-feira, 10 de março de 2009

Sabugiense consegue falar com o filho depois de quase 40 anos

Convite da exposição de arte plástica do sabugiense no Rio de Janeiro
A aposentada Maria dos Anjos de Medeiros, conhecida como Maria Faustino, é viúva, de 82 anos, residente em São João do Sabugi, e hoje, conseguiu falar com seu único filho que não vê há quase 40 anos.
No reencontro, via telefone, o filho prometeu que vem visitar a mãe antes do mês de julho.
O contato foi possível graças a ação do Diretor de Jornalismo da Rádio Caicó AM, F Gomes, que divulgou a busca no seu blog e no Diário de Natal On Line.
Com a divulgação, um leitor viu a matéria e entrou em contato com F. Gomes, dando notícias do filho de Dona Maria Faustino.
João Batista mora no Rio de Janeiro, é artista plástico renomado e morou durante 12 anos na Europa, sendo que há mais de 20 anos, reside no Rio de Janeiro.
Na próxima quinta-feira, dia 12, ele irá expor suas obras na Galeria de Arte H. Rocha, no Shopping Cassino Atlântico, em Copacabana, no Rio de Janeiro.
João Batista de Medeiros, foi com o Batalhão de Engenharia de Construção para São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, na década de 70; de onde seguiu para Minas Gerais e depois para o Rio de Janeiro.
Durante muitos anos Dona Maria correspondia-se com ele, mas depois deixou de receber notícias.
Na manhã de hoje, foi possível contato com o filho de Dona Maria Faustino, através do Diretor de Jornalismo da Rádio Caicó, AM, F Gomes, que divulgou a busca no seu blog e no Diário de Natal On Line. Com a divulgação, um leitor viu a matéria e entrou em contato com F. Gomes, dando notícias do filho de Dona Maria.
João Batista mora no Rio de Janeiro, é artista plástico renomado e morou durante 12 anos na Europa, sendo que há mais de 20 anos, reside no Rio de Janeiro.
Na próxima quinta-feira, dia 12, ele irá expor suas obras na Galeria de Arte H. Rocha, no Shopping Cassino Atlântico, em Copacabana, no Rio de Janeiro.
Cresci vendo Dona Maria chegar lá em casa, com envelope e bloco de papel nas mãos, levando também um envelope amarelado pelo tempo, contendo endereço do filho. Ela pedia que minha mãe, Ermita, escrevesse para o filho; sempre com os mesmos pedidos: "diga que peço notícias e peço que ele venha me visitar..."
Dona Maria nunca pediu ajuda financeira, apenas a visita do filho, notícias dele. Espero que agora, ele agradeça a Deus por ter concedido 85 anos de vida a sua mãe, que permanece viva e lúcida a sua espera...e que realmente venha visitá-la. Ela merece isso.


Anna Jailma - jornalista e blogueira
Informações do blog http://www.fgomes.com.br/
Foto: Convite da Exposição de João Batista no Rio de Janeiro, enviado a F. Gomes via email

Nenhum comentário: