quinta-feira, 2 de julho de 2009

Feirinha de São João Batista

Foto ilustrativa/Adelle Nogueira
Chapéus e urupembas tão presentes nas feiras
A Feira de Mangai e Antiguidades foi uma inovação válida dentro da Feirinha de São João Batista e merece crescer nos festejos.
A homenagem aos antigos proprietários de bodega trouxe emoção ao Espaço de Eventos para todos que compartilharam da vida daquelas pessoas de alguma forma.
Que no próximo ano, as pessoas que fazem qualquer tipo de artesanato da terra e que sabem tão bem revelar a riqueza da nossa gastronomia, em vários pratos típicos, participem mais. Quem conhece São João e seu povo, sabe que muitas outras pessoas poderiam marcar presença ali com seus produtos. O evento existe pra isso, vamos valorizar, fazer crescer o número de pessoas que levam sua arte de cozinhar ou de artesanato para a Praça.
A Feirinha de São João merece um engajamento maior da comunidade. Assim como os organizadores devem estar abertos para todos – e acredito que estão – as pessoas devem também se mostrar participativas, para interagir em comunidade e fazer crescer um evento que é de todos, é do padroeiro, é do município, é de quem diz que é de São João e ama São João – a cidade, o padroeiro, a festa.
O evento tem tudo para crescer. Nosso povo é criativo, inteligente e nos festejos as equipes de organização desdobram-se para oferecer o melhor. Com participação e integração de todos, o sucesso acontece.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto Adelle Nogueira.

Nenhum comentário: