sexta-feira, 2 de outubro de 2009

O Rio de Janeiro continua lindooo!

Isto é Brasillllllllllllll!!!

E para o Rio de Janeiro: aquele abraçooooooooooo...
Samba – muito samba, riso, lágrimas, muita garra e a esperança estampada de verde e amarelo nos quatro cantos do Rio de Janeiro.
Foi este o cenário do Rio de Janeiro logo ao amanhecer de hoje, com a Praia de Copacabana lotada, para acompanhar o anúncio da sede das Olimpíadas para 2016.
Na praia, a recomendação foi de que as pessoas se vestissem de verde e amarelo e na orla uma faixa de 2 metros e meio, com o slogan “Rio Loves You” aparecia em vários momentos da transmissão do Rio para o mundo.
Quem chegou cedo, pintou o rosto em plena Copacabana, em tendas montadas em frente ao Hotel Copacabana Palace, a partir das 9h.
Durante o anúncio, no início da tarde, o telão exibia mensagens de artistas declarando apoio à candidatura do Rio de Janeiro, que disputava a sede das Olimpíadas com mais três cidades no mundo: Tóquio, Madri e Chicago.


O páreo era duro e o coração dos cariocas batia ritmado, acelerado, nos passos do samba...
Na Dinamarca, uma comitiva do Brasil acompanhava a votação, inclusive o Presidente Lula.
E o resultado esperado na Praia de Copacabana por milhares de pessoas atingiu a expectativa: o Rio de Janeiro é a cidade escolhida para sede dos Jogos Olímpicos 2016, vencendo Chicago, Madri e Tóquio.
De Copenhague a Copacabana a explosão de alegria ainda não parou de acontecer.

O Rio de Janeiro que sofre com a violência, tem motivos para comemorar. Também é Rio da alegria, é Rio cidade maravilhosa, e prova pra o mundo inteiro, que apesar de tudo, o Rio de Janeiro continua lindoooooooo...
A votação ocorreu em Copenhague capital da Dinamarca, em três turnos: no primeiro a cidade de Chicago foi eliminada. No segundo turno, Tóquio saiu da disputa e na terceira o Rio de Janeiro foi escolhido, vencendo Madri.
Agüenta coração [eu ainda insito em usar o trema...]! Agora o Rio será a primeira cidade sul americana a receber uma edição dos Jogos Olímpicos.
O anúncio foi feito às 13h50 desta sexta-feira pelo Comitê Olímpico Internacional e a festa de comemoração ainda permanece em Copacabana, com Lulu Santos, Escola de Samba Salgueiro e Grupo Revelação.

Na Dinamarca, o Presidente Lula, declarou que o a cidade foi eleita porque apresentou “o coração, a alma e a paixão”, enquanto os outros países apresentaram propostas.
Lula ainda acrescentou: “...Quem estava aí para votar viu que a gente estava com a alma, com o coração, era o único país que queria de verdade...As pessoas vêem isso nos olhos da gente. Essa foi a diferença. Se eu morresse hoje, morreria feliz", disse o presidente.
O Rio de Janeiro fez bonito! O Brasil agradece! “Somos brasileiros, não desistimos nunca!”
E o Cristo Redentor está de braços abertos para receber o mundo inteiro nas Olimpíadas de 2016. Parabéns ao Brasil, parabéns ao povo carioca, em especial a carioca mais apaixonada pelo Rio de Janeiro, que eu conheço, “Thadéa Quintanilha”, esposa do sabugiense Nino Morais – de Manoel Grande.
D. Thadéa, minha eterna professora, deve está sambando em casa, vibrando de alegria ao som da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis! E bato palmas daqui!
Anna Jailma - jornalista e blogueira, que um dia ainda vai tomar água de coco, em Copacabana...
Fotos - G1

2 comentários:

Janaína Patrícia disse...

Me emocionei bastante com a nossa conquista. mas confesso q essa emoção veio muito mais por parte das lembranças. Não contive as lágrimas porque não pude deixar de lembrar vovó Lú, a brasileira mais verde e amarelo que esse país já teve. Aos 87 anos não perdia uma só partida de futebol, voleibool,natação, ginástica olímpica,nada onde o Brasil estivesse competindo.
Essa vitória vovó, também é sua, a brasileira q terá visão prestigiada, pq vai assistir a todas as competições lá do céu, ao lado de nada mais, nada menos que o Pai Celestial.
Saudades de vc vovó, te amo!

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Janaína, obrigada pela presença no À Flor da Terra.
Com o passar dos anos muitos momentos felizes têm o peso da saudade e da lembrança dos que foram. É o passar dos anos...
Abraço.