segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Poesia banhada pelo Rio Sabugi...


Águas que tanto trazem alegrias...
- Sorrisos!
Vida, plantação, lazer...
- Cultura!
Milho...
- São João!
Feijão...
- Rubacão!
- Estás com fome?
- Não!
- ?
- Saudades...
Saudades de “meu” Rio a correr...
Apressado
Outrora, arterial;
Hoje, tão venoso!
- Saudades de meu Nilo a chamar a todos
E todos íamos, prontamente,
Saudá-lo!
- Estranho:
Tantos param a contemplá-lo,
Por quê?
- Talvez seja a leitura do Livro dos Vivos...
Quiçá dos Mortos!
- Saudades, enfim, de minhas Raízes...
Do Precursor do Rio das Raízes,
Outrora do Príncipe
E, sempre, meu!
- Todo o carinho, saudade e respeito
Daquele que nunca o esqueceu,
Eu!


[ Pirini Rudá Quintanilha de Morais ]
Foto - Olívio Morais

Nenhum comentário: