sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Sargento caicoense compartilha momentos vividos no Haiti

Sargento Araújo, caicoense, que está no Haiti:
"Não tem como não se emocionar"
Na manhã de hoje a Rádio Caicó AM vivenciou com os ouvintes a situação vivenciada no Haiti pelo militar do Exército Brasileiro, Sargento Araújo, que se encontra em missão naquele país.
Emocionado, o Sargento Araújo, caicoense, que está em Porto Príncipe, entrou em contato com Suerda Medeiros, ao vivo, pelo telefone, e descreveu o momento do terremoto e as cenas de devastação e tristeza que hoje prevalecem no Haiti.
O caicoense disse que no momento do terremoto, estava no acampamento, arrumando a bagagem dos militares que retornariam ao Brasil e diante do tremor da terra, a sensação era de que a terra havia se transformado numa grande onda do mar, em constante movimento.
Depois do terremoto, sua primeira reação foi verificar se havia gente no alojamento precisando de ajuda e felizmente ninguém teve ferimentos graves.
A partir disso, Sargento Araújo e colegas militares já iniciaram o trabalho de prestar os primeiros socorros, inclusive retirando as pessoas dos escombros.
Segundo ele o momento mais emocionante foi quando uma criança aproximou-se e pediu que ele a trouxesse na mala quando viesse para o Brasil, que a adotasse. “Foi de partir coração, mesmo acostumado a enfrentar todas as situações dificieis. Não tem como não se emocionar", disse o militar.
Araújo nasceu em Caicó, mas desde o ano de 1995 está lotado no Batalhão do Exercito de Caçapava, interior paulista. Até hoje seus familiares residem no bairro Boa Passagem em Caicó.
Ele espera está em Caicó reencontrando familiares, em julho deste ano.


Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - do blog de Marcos Dantas

Nenhum comentário: