quarta-feira, 17 de março de 2010

Ida...



Ontem ocorreu em São João do Sabugi, o sepultamento de Tereza Lucas de Araújo, a “Terezinha de Sabiá” ou simplesmente “Tetê” como era chamada por alguns.
Terezinha era uma figura popular da cidade. Tinha problemas psíquicos e ao mesmo tempo, uma memória invejável: lembrava de todos de São João do Sabugi e de todas as histórias envolvendo cada um. Como diz a expressão popular “falava pelos cotovelos” e se alguém tivesse algum segredo, era melhor não chegar ao conhecimento de Tetê, porque guardar segredo não era seu forte.
Uma particularidade de Terezinha de Sabiá, era sua grafia, sempre bem desenhada, uma grafia bonita de se ver. Segundo minha mãe, Ermita Lucena, Terezinha estudou em São João do Sabugi e a “letra de Tetê” era famosa entre as mais bonitas da escola.
Na última vez que a vi, ela disse “Você é a menina de João Ursulino não é? Estava morando fora não estava? Nunca mais tinha lhe visto...Ficou boa da garganta? Quando era criança você vivia doente da garganta...” Respondi que estava curada das crises de garganta – que tanto me afligiam na infância – e Tetê completou: “Ah, que bom! Graças a Deus! Seu pai, que Deus o tenha, ficava muito preocupado com você doente...” E seguiu contando episódios da minha infância...
Tetê e sua memória...
Agora de Terezinha de Sabiá fica a lembrança de uma figura popular, folclórica, dessas que não morrem, ficam eternizadas ou encantadas...Torna-se lenda. Agora partiu com seus passos apressados, ritmados pelo som de seu inseparável cajado e já deve estar no plano superior, na Casa do Pai.
Descanse em paz!
Anna Jailma - jornalista e blogueira

2 comentários:

Ricardo Victor disse...

Veja hoje (24/03)no site: www.soudoserido.com.br notícia publicada sobre a morte de "Terezinha de Sabiá" ...

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Ricardo Victor,

Grata pela visita ao blog e publicação da notícia sobre a figura folclórica sabugiense Terezinha.