terça-feira, 16 de março de 2010

II Mostra Nacional do Desenvolvimento Regional


“É só investir nas vocações regionais porque o resto deixa que os homens e mulheres do sertão sabem fazer”.

[Ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira de Lima, na II Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional ]


Encerrou no domingo em Florianópolis, Santa Catarina, a II Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional, que contou com comitiva do Seridó, representada pela Adese e produtores da região.
No palco de apresentações dos artistas, Dedé de Carnaúba, que trabalha com esculturas e teatro, arrancou aplausos do público; e o trabalho do povo seridoense fez bonito no evento: artesanato em bordado, pintura, crochè, e barro; o minério, a rede de pesca, o queijo de coalho e de manteiga, o boné de design variado; todo o bom gosto e a qualidade impecável que faz a diferença nos nossos produtos estiveram em “Floripa” no Centro de Convenções da capital de Santa Catarina, em espaço privilegiado intitulado de Vila Seridó.
Foi na Vila do Seridó que o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira, experimentou o queijo de manteiga disponível no local e comentou: “o queijo é da melhor qualidade, você não encontra desse em lugar nenhum do mundo, só lá no Seridó mesmo”.
No restaurante do Centro de Convenções, uma pega de boi na Fazenda Pitombeira, de Acari, era destaque em fotografia de painel e a revista Espaço Regional lançada pelo Ministério da Integração Nacional trouxe na capa a bordadeira Glauce Pereira representando as artesãs de Timbaúba dos Batistas, em especial os membros da Associação das bordadeiras.
Na revista a matéria destacando a arte de bordar foi intitulada de “Casadas com o Bordado”, mostrando a vivência das bordadeiras do Seridó.
Além da oportunidade de levar o nome do Seridó a outras regiões do país, a Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional favorece a troca de experiências entre os produtores, oferece capacitação para os participantes e abre portas para ampliação nos negócios; através da negociação com empresários de vários segmentos.
Entre os produtores do Seridó, a Bonelaria Dantas vendeu praticamente todos os bonés que levou para o evento e houve negociação de encomendas para Santa Catarina e outros Estados do país.
O presidente da Adese no Seridó, Galvão Freire, destacou que os participantes puderam colher subsídios interessantes para elaboração de projetos que podem adquirir recursos de órgãos do Governo Federal.
A III Mostra Nacional de Desenvolvimento Regional será em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais. Certamente mais uma vez produtores do Seridó, vão estar presentes, fazendo acontecer e sendo reconhecidos pela qualidade do que se faz por aqui. Parabéns à ADESE pelo incentivo aos produtores do nosso Seridó!


Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: