domingo, 2 de maio de 2010

Um novo tempo...


O À Flor da Terra está iniciando uma pausa. Estou à espera de Saul, em contagem regressiva para sua chegada.
Minha rotina está longe das notícias. Meu pensamento se volta para a chegada de Saul, esperada desde ontem, dia 1º de maio. Colorir seu mundinho com artigos decorados e alegres, ouvir músicas instrumentais que são pura serenidade, deixar os pés descansando na cama para diminuir a famosa inchação - mas a pressão arterial está ótima gente! - e enfim, definir "detalhes tão pequenos de nós dois", são minhas prioridades.
Que Saul venha abençoado por Deus e Maria, com saúde e paz. Maio, mês de Maria e das Mães, tempo iluminado, tempo de Saul - que significa "o solicitado" ou "o alcançado através de orações".
Mais uma criança vem ao mundo, provando que Deus continua cheio de esperança na humanidade e no mundo que Ele criou.


Até breve.
Anna Jailma - a mãe de Saul



...Eu vi um menino correndo
Eu vi o tempo
Brincando ao redor
Do caminho daquele menino...
Eu pus os meus pés no riacho
E acho que nunca os tirei
O sol ainda brilha na estrada
E eu nunca passei...
Eu vi a mulher preparando
Outra pessoa
O tempo parou pra eu olhar
Para aquela barriga
A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou
O sol que atravessa essa estrada
Que nunca passou...

Por isso uma força
Me leva a cantar
Por isso essa força
Estranha no ar
Por isso é que eu canto
Não posso parar
Por isso essa voz tamanha...


[Força Estranha - Caetano Veloso]

5 comentários:

João Quintino disse...

Fico muito feliz por você, Jailma... Sensível como é, deve estar curtindo esse momento em seus mínimos detalhes: o bebê crescendo em você; o peso da barriga; algum desconforto da maternidade; a aproximação do parto... Nossa, Dona Ermita também está exultante de felicidade com o primeiro neto de uma das "Romanas" (creio que não há outros das filhas mulheres de Zé romão...). Seja muito feliz na hora da estréia de Saul. Que Saul seja muito feliz e traga muita felicidade para você e Totó. Abraço!

Gladson disse...

Menina Jailma abraço à vc e o pequeno Saul que por aí vem cantando os acordes luminosos de uma vida feliz. Boa sorte e um cacho de acácia em pétalas de vida nova para vcs.

Marcilio Medeiros disse...

Saul nasceu. Parabéns a família.

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

João Quintino, estamos todos muito felizes e procuro mesmo curtir cada momento porque cada instante é único. Abraço.

Gladson, meu amigo poeta, obrigada pelo "cacho de acácia" e pelos votos de boa sorte. Grande abraço em você, Analiny e filhos. Um dia te apresento Saul.

Marcílio, Saul chegou e estamos todos muito felizes. Obrigada por compartilhar da nossa alegria.

Etiene disse...

Nossa...passei bastante tempo fora do mundo dos blogs!!!Mas esotu de volta...E desejo a ti ao seu filhote incontáveis momentos depura felicidade e cumplicidade!beijos
Etiene