terça-feira, 7 de setembro de 2010

Ai Que Vida!!!



Em tempo de Eleição um filme ideal para assistir é o “Ai que vida!”. Além de divertido – posso até dizer que tem o estilo de “O Auto da Compadecida” – o filme trata do assunto Eleição de uma forma realista e fala sobre a importância da escolha consciente na hora de votar; inclusive, mostrando a demagogia tão comum em alguns discursos e a constante “troca de favores” – ou compra de votos - em época de eleição.
O filme foi dirigido pelo jornalista e cineasta do Maranhão, Cícero Filho. As filmagens foram realizadas em Amarante e Teresina, no Piauí; além de Poção de Pedras, Esperantinópolis, Timon e São Francisco do Maranhão, no Maranhão. Interessante que os atores, atrizes e técnicos foram pessoas das comunidades onde houve filmagem.
As cenas mostram que em meados dos anos 90, a fictícia cidade de Poço Fundo, no interior do Nordeste, está vivendo um verdadeiro caos em sua administração pública. O prefeito Zé Leitão é um corrupto de mão cheia, capaz de tudo pelo dinheiro, e o egoísmo é a sua principal característica.
Zé Leitão já governa Poço Fundo há 4 anos, mas nada fez pela cidade em seu mandato. A população não consegue enxergar as coisas ruins que o prefeito faz. São iludidos com as falsas palavras de Zé Leitão e pelos "programas sociais" que são realizados em seu mandato. Acontece que a esposa de um vereador, correligionário de Zé Leitão, Cleonice da Cruz Piedade se revolta com os absurdos administrativos de seus governantes, e decide "acordar" o povo sobre a real situação da cidade; mesmo indo contra a opinião do marido. Cleonice consegue arrastar multidões para ouvir seus discursos, tornando-se assim querida por toda a população.
O filme também conta com um triângulo amoroso entre Geraldy, Valdir e Charlene.
Se puder conseguir para assistir e dar boas risadas, aqui está a dica. Depois da risada, você pare um pouco e tire suas conclusões sobre o mundo político que o cerca. Assim até ajuda a fazer uma escolha consciente.
Fica a dica!

Anna Jailma - jornalista e blogueira.

Nenhum comentário: