quarta-feira, 2 de março de 2011

CONFETES


FORRÓ XIQUE - Pensando em resgatar o forró de raiz, legítimo, o grupo Xique-Xique, reunindo sabugienses, vem trazendo o bom forró pé-de-serra e promovendo muito arrasta pé nas apresentações. O grupo fez bonito na festa do padroeiro e recentemente deixou mineiros e paulistas encantados no evento de despedida dos rondonistas. O Xique-Xique sabugiense já deu seu primeiro fruto: o primeiro CD, que está a venda ao preço de 5 reais, traz o melhor do forró em músicas como "todo tempo que eu tenho pra mim é pouco/pra dançar com meu benzinho/ numa sala de reboco" [ Sala de Reboco] e "se avexe não/a lagarta rasteja/até o dia em que cria asas..." [A Natureza das Coisas].
"Temos como principal objetivo, divulgar o autêntico forró pé-de-serra que encontra-se “engolido” pelos novos estilos. É uma espécie de resgate do forró das antigas. Além do resgate, também mostramos o que temos por aqui", diz Railson, um dos integrantes do Forró Xique-Xique.
Contatos: 84 - 9970-4838 / r10medeiros@hotmail.com
SONS E SILÊNCIOS, daqui e dali - Foi lançado em Minas Gerais o livro Sons e Silêncios, daqui e dali, de Urbano Medeiros. Em crônicas distribuídas em 166 páginas, o músico transmite seus pensamentos e sentimentos sobre o mundo que o cerca: "Regina, Minha Mulher", "A importância da leitura", "A dança", "Tocar em Sepultamento", "Música", "Você é Deus?", "Terapia do Silêncio", e diversos outros assuntos de 'terra e céu'. Em cada página, acompanha entre aspas o pensamento de filósofos, artistas, religiosos, escritores, como Clarice Lispector, Pe. Luiz Cechinato, Victor Hugo, Rubem Alves, Lulu Santos e Nelson Motta.
Sons e Silêncios, daqui e dali, da Editora A Partilha, pode ser obtido no site http://www.editoraapartilha.com.br/ ou com o autor, via email urbanomedeiros@gmail.com


Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: