quarta-feira, 30 de março de 2011

Forró Xique - Xique - sertão puro, até no nome!



Quando Whedson Dantas e Railson Medeiros ainda somente “aperuava” os ensaios do Grupo Caravana do Forró e faziam pequenas apresentações destacando o forró pé-de-serra, foram convidados para finalizar as comemorações da Semana do Folclore do ano de 2009 da Escola Estadual Senador José Bernardo, que na época tinha como diretor Ubirajara Morais da Nóbrega.
O grupo contava somente com um vocalista e o sanfoneiro. Diante disso, surgiu a necessidade de angariar novos profissionais da música para compor o grupo pé-de-serra. Por sugestão de Ubirajara Nóbrega, a dupla convidou Reginaldo (Nêgo Bá) para dar o suporte no zabumba. Naquela primeira apresentação, na Escola Estadual Senador José Bernardo, o grupo contou apenas com a sanfona, zabumba, um vocal e o triângulo, que teve o comando de Branquinho, membro da Filarmônica Honório Marciel.
Até aí não tinha um nome definitivo para o grupo pé-de-serra, ou seja, apresentava-se sem uma marca, sem uma identidade. No dia 07 de dezembro de 2009, o grupo foi convidado, para o encerramento da II Mostra de Leitura na Escola Estadual Santa Terezinha, através da diretora Claudete Quintino. O grupo já havia crescido, contando com Cícero no agogô; Zé Rolinha, no triângulo; Reginaldo, no zabumba; Whedsom Dantas na sanfona; Railson Medeiros, no vocal; e Flávio Medeiros, no contrabaixo. E era a primeira apresentação remunerada.
Entre fevereiro e meados de março de 2010, o grupo consultou seus integrantes; bem como, apologistas do forró pé-de-serra e universitários do Curso de História UFRN, como também policiais militares da Guarda Externa da Penitenciária Estadual do Seridó em Caicó, onde trabalha Railson Medeiros, sobre um possível nome para o grupo pé-de-serra. Depois de inúmeras consultas e troca de ideias, surgiu o nome "Forró Xique-Xique".
Em 03 de abril de 2010, o Forró Xique-xique apresentou-se pela primeira vez com o referido nome, na Chácara Santa Luzia, pertencente a Calu Casé. O autêntico forró pé-de-serra, Xique-Xique, animou a festa até as 4h do dia 04 de abril. Como já havia encravado seu nome na história de São João do sabugi, veio uma nova temporada de shows pelo município sabugiense e no dia 21 de junho o Xique-xique foi contratado pela Prefeitura Municipal de São João do Sabugi, para animar a tradicional Festa do Agricultor, durante os festejos do padroeiro. Foi a oportunidade de dividir o palco principal da festa com as demais atrações musicais, dentre elas, Lúcia do Acordeom e Saia Rodada. Nessa empreitada, o grupo contou com a soma de mais um vocal que inclusive, passou a integrar o quadro do xique-xique: a vocalista Nina, que já teve participação em outros grupos musicais da região.
O primeiro CD foi gravado ao vivo e vem agradando o público que reconhece o valor do forró autêntico, que tem a cara do sertão. O CD do Forró Xique-Xique traz regravações de antigos sucessos e composição inédita como o “Xote da Raposa” de autoria de Reginaldo Fernandes (Nêgo Bá), retratando episódio de cotidiano ocorrido no final de 2010 com um dos integrantes do Forró Xique-Xique, "Cícero do agogô".
Atualmente o grupo conta com cinco instrumentos, envolvendo dois vocais e procura destacar o sertão nas composições, no ritmo e até no vestuário de seus componentes. O Forró Xique-Xique é puro sertão, e é formado por Whedsom Dantas (sanfona); Railson Medeiros e Nina (vocais); Reginaldo (zabumba); Flávio Medeiros( contrabaixo); Cícero (agogô); e Zé Rolinha (triângulo).
Ser Xique-Xique é isso: destacar o sertão no nome, nas composições e em todo o estilo do grupo.


Postagem: Anna Jailma - jornalista e blogueira
Com informações de Railson Medeiros

5 comentários:

Anônimo disse...

É a nova identidade de São joão do Sabugi. Devagar se chega ao longe.

Djanira disse...

Muito bom e original do nosso sertão

Djanira disse...

Muito bom e original.

vereadorafafamarizsjsabugirn@yahoo.com.br disse...

Parabéns!Para todo o grupo forró XIQUE- XIQUE,tenham a certeza de que vieram e estão agradando, fico muito feliz por isso,coisas boas da nossa terra tem mesmo que ser divulgada, obrigada Ana Jailma pelo belíssimo trabalho que desempenha.Um forte abraço,FAFÁ MARIZ.

João Quintino disse...

Adorei o primeiro cd do Forró Xique-Xique, que é mesmo muito chic, pois autêntico em seu maravilhoso pé-de-serra. Desejo muito sucesso ao grupo! Abraço, Jailma!