terça-feira, 19 de abril de 2011

Projovem realiza trabalho sobre a Importância dos Patrimônio Públicos

Adolescentes do Projovem e entrevistadas, durante entrevistas sobre Patrimônio




O Projovem Adolescente é um programa do Governo Federal, desenvolvido nos municípios através das Prefeituras Municipais. No Projovem são assistidos adolescentes de 15 a 17 anos de idade.
Em Caicó, o Projovem Adolescente atua na zona Oeste da cidade. É trabalhado com os adolescentes temas como sexualidade, drogas, direitos e deveres, meio ambiente e tantos outros assuntos que integram a nossa vivência como cidadãos.
Atualmente, os orientadores sócio-educacionais do Projovem estão desenvolvendo ações sobre Patrimônio. Diante disso, os adolescentes têm desenvolvido um ótimo trabalho sobre a identificação dos patrimônios públicos, históricos e culturais, na comunidade onde vivem. Eles visitaram bairros da zona Oeste, entrevistando as pessoas da comunidade; para identificar, questionar sobre a preservação e os riscos de desaparecimento destes patrimônios. Os adolescentes realizaram as entrevistas e nós orientadores filmamos, também orientando o desenrolar do trabalho.
Os adolescentes foram divididos em três turmas, sendo duas atuando a noite e uma turma durante o dia. Entre os patrimônios dos bairros, os moradores citaram principalmente a Igreja de São Francisco, o Hospital Regional do Seridó (SESP), e as escolas.
Após o primeiro contato junto a comunidade, os jovens do Projovem desenvolveram na Casa da Família, um "telejornal" onde eles comentaram sobre as entrevistas realizadas. A partir dos vídeos realizados junto a comunidade e os vídeos com depoimento dos próprios jovens, será montado um documentário; onde também deve constar apresentação de alguns patrimônios da comunidade. Este documentário deve ser apresentado em alguns bairros da zona Oeste, numa espécie de "Cinema na Praça", onde todos são convidados a assistirem a produção gratuitamente, na própria comunidade onde houve as filmagens.



Anna Jailma - jornalista e blogueira


Fotos - arquivo do Projovem

2 comentários:

João Quintino disse...

Trabalho importantíssimo para a construção da identidade desses adolescentes e jovens. Podem existir pessoas, lugares ou coisas "sem futuro", mas nunca sem passado. De uma investigação como essa pode brotar o gosto pelo lugar, a valorização de sua história e a elevação da auto-estima da comunidade e de cada um. Muito êxito. Abraço, Jailma!

Ana Maria disse...

Uma feliz Páscoa, que Jesus renasça no seu coração!
Beijinhos!