quinta-feira, 7 de julho de 2011

Você sabe quem é Sant'Ana?


Há muito tempo, presencio várias pessoas - políticos, comunicadores, professores - pronunciarem "Nossa Senhora Sant'Ana" ou ainda "Nossa Senhora de Sant'Ana". Isso demonstra uma verdadeira dúvida, do nosso povo, sobre quem é Sant'Ana...
Todos nós sabemos - ou deveríamos saber - que Sant'Ana é Ana, mãe de Maria e avó de Jesus. Todos nós sabemos - ou deveríamos saber - que o título de 'Nossa Senhora' se dá somente a Maria, mãe de Jesus, filha de Sant'Ana. Sant'Ana pode ser chamada Senhora Sant'Ana, por tratar-se de uma senhora, avó de Jesus, mas Nossa Senhora, somente Maria.
Agora, escuto nas rádios de Caicó, um comercial onde se diz "Nossa Senhora DE Sant'Ana". Pronto! Agora piorou de vez. Já estão dizendo que além de ser Nossa Senhora, Sant'Ana agora simplesmente tem o sobrenome Sant'Ana ou talvez seja Maria, Nossa Senhora, que apareceu em uma cidade chamada Sant'Ana... Nossa Senhora é uma só, mas Nossa Senhora de Fátima é assim chamada devido a aparição em Fátima (Portugal); Nossa Senhora de Lourdes , porque houve sua aparição em Lourdes (França)...Seguindo por esta lógica, Nossa Senhora de Sant'Ana seria Maria, Nossa Senhora, que apareceu em Sant'Ana.
Está na hora da gente, gente do Seridó, tão devotos de Sant'Ana, se referir a ela como lhe é devido: "Santa Ana", "Sant'Ana", ou "Senhora Sant'Ana". Simples assim.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - Anna Jailma

4 comentários:

Max Azevedo - Caicó RN disse...

Anna, esses cognomes (por sinal inúmeros) que a igreja imputou a Maria, confundem os católicos e mais ainda quem não o é. Acredito que uma imensa maioria de católicos não sabem desta distinção entre Maria e as demais Santas. Até mesmo nós que temos esse conhecimento nos confundimos. Exceto o Sagrado Coração de Maria, eu, particularmente desconheço uma imagem de Maria, especificamente, de Santa Maria jamais a vi. parabéns pela matéria e que "Nossa Senhora do Pepé do Socorro" esteja contigo.

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Max seu comentário é coerente. Os variados cognomes levam a crer que há várias Marias e portanto, várias "Nossa Senhora". Daí a confusão... Bom seria se as pessoas tivessem a curiosidade de conhecer a história do santo ou santa, à quem tem devoção. Se assim fizessem, iriam fazer as devidas distinções. Outro questionamento que sempre faço: por que batizam e registram com nome de Sant'Ana? Se alguém for devoto de Santa Rita, a filha pode ser batizada ou registrada com nome de Santa Rita? Creio que não. Será simplesmente Rita... Então, são estes pequenos detalhes que também contribuem - e muito - para confundir a mente das pessoas.
Obrigada pela presença no blog. Que "Nossa Senhora do Ó" esteja contigo.

Bruno Magro disse...

Muito bom o texto. Concordo plenamente com o seu pensamento. Parabéns por tentar levar aos leitores o que verdadeiramente deve ser dito.

ANNA JAILMA - annajailma@yahoo.com.br disse...

Bruno, bom constatar sua visita ao blog. Grata pela visita.