terça-feira, 13 de setembro de 2011

Voz e Vez aos Catadores


Dulcinéia Catadora é o nome do projeto que reúne catadores de papelão, escritores e artistas. O grupo confecciona livros com capa de papelão, pintadas à mão, reunindo poesias e contos de escritores, bem como, mostrando a voz dos que catam papelão, porque entre eles também há escritores, poetas, artistas da alma... Por que não?! E o eixo que move tudo isso é a determinação de mudar a visão das pessoas em torno do catador, dar visibilidade ao catador, misturar artes, transformar, reciclar, fazer acontecer.
Lúcia Rosa, não gosta do título de “coordenadora”, mas é ela que vem “gerando” este projeto junto aos catadores. É graduada em Letras pela Universidade de São Paulo – USP e trabalha no ramo editorial há 30 anos. Depois de 4 anos de trabalho, o grupo desenvolve um trabalho itinerante, em cooperativa de materiais reciclados, indo principalmente em locais que atendem a população em situação de rua. O material é levado aos locais e quem aceita participar da ação naquele momento, passa a pintar capas. Os livros são vendidos ao preço de 6 reais e o valor é dividido entre os participantes.
O grupo Dulcinéia Catadora já editou mais de 75 títulos, vendendo quase 4 mil e 500 livros. Eles também realizam oficinas pelo Brasil. Além de São Paulo, incluindo o interior, já fizeram oficinas em Brasília, Porto Alegre e Recife.
Também já participaram de eventos culturais e artísticos - como a Mostra SESC de Artes, Circulações, 2007.
O Dulcinéia Catadora vivencia a autossustentabilidade, de forma que seu funcionamento independe de repasses privados ou públicos. Eles criam, recriam e se mantém. Simples e grandioso. Fica a dica aos grupos de idosos, de jovens, de gente que pensa.
Para conhecer mais: www.dulcineiacatadora.blogspot.com

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - Dulcinéia Catadora

Nenhum comentário: