quarta-feira, 6 de junho de 2012

Rede Globo mostra caos da saúde pública em Caicó RN

Ontem, dia 05 de junho/2012, o Profissão Repórter da Rede Globo, mostrou o caos da saúde pública no interior do Maranhão, Rondônia e Rio Grande do Norte. Os repórteres Paula Akemi, Eliane Scardovelli e Rafael Batista viajaram pelo Rio Grande do Norte e mostraram até a transferência de uma criança, de Pau dos Ferros, RN, para Natal, capital do Estado. 
Em Pau dos Ferros, RN, é a família do paciente que compra medicamentos e paga pela enfermeira que acompanha o paciente na ambulância. Depois de 5 horas de viagem, em ambulância com pouca ventilação e sem a completa assistência, chegaram na capital. Caicó mostrou a situação do Hospital Regional, chegando várias pessoas para atendimento de emergência (inclusive acidentados), com somente um médico de plantão para atender. Naquele dia Dr. Irami Araújo, enfrentando e vencendo as próprias limitações, atendeu 200 pessoas no Hospital Regional. Sem dúvida é um herói. Enquanto muitos médicos - principalmente em PSF - até se irritam quando as fichas ultrapassam o número de 25 ou 30 fichas, Dr. Irami atende 200 pessoas no Hospital Regional.
Por que somente um médico de plantão num Hospital considerado de referência?! Como um hospital que atende Caicó e cidades de todo Seridó pode ter uma UTI incompleta, onde um aparelho não funciona por falta de uma pequena peça que custa 9 reais? Que caos é este? Afinal, temos SUS ou SUSTO neste país? Estão brincando com a vida das pessoas e é preciso dar um basta nisso.
No Maranhão, há um contraste: em alguns lugares do interior, os hospitais têm mais funcionários que pacientes. São hospitais recém-inaugurados. Em outros lugares, hospitais lotados, onde até uma garrafa pet de Coca Cola é mostrada substituindo material do hospital, em atendimento numa enfermaria. 
O repórter Thiago Jock retrata a situação dos doentes de câncer de Rondônia que viajam 3 mil quilômetros até Barretos, no interior de São Paulo, para se tratar. Na cidade há um bairro inteiro, cheio de pousadas, apenas para receber esses pacientes que vem de regiões distantes do Brasil. 
Para assistir acesse www.g1.globo.com e busque Profissão Repórter. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: