terça-feira, 31 de julho de 2012

Saúde pública: todos nós podemos e devemos cobrar

O caos na Saúde pública é fato e atinge todo o país, mas, não se pode cruzar os braços diante desta situação. Não é porque o caos na Saúde acontece em todo lugar, que devemos nos "conformar" que aconteça em nosso lugar, na nossa terra. Pelo contrário, se cada um cobrar pela Saúde de sua terra, de seu Estado, estaremos mais perto de resolver a situação. 
Caicó é cidade pólo do Seridó. É para Caicó que vêm os casos mais graves da região, e o mundo inteiro sabe do caos que assola a Saúde em Caicó. Infelizmente a gravidade é tanta que Caicó chegou a ser destaque neste assunto, na mídia nacional.
No encerramento da Festa de Sant'Ana, Monsenhor Edson cobrou mais ação em favor da Saúde do município. A governadora do Estado estava presente e conforme comentários que circulam na mídia caicoense, ela sentiu-se constrangida, decepcionada. Muitos "representantes do povo", da classe política demonstraram seu apoio a governadora, considerando que o momento era inoportuno. Ora, em épocas eleitorais, os políticos vão aos seus palanques e dizem o que querem, prometem o que querem, e nós eleitores, lá estamos de braços cruzados, ouvindo sem direito de resposta, sem direito de fazer a pergunta óbvia "e porque não fez antes?". E agora, quando estão na posição de governantes, e são cobrados por uma ação que cabe a eles, sentem-se constrangidos?! O caos na Saúde pública não começou ontem, vem se arrastando faz tempo, mas agora chegamos ao fundo do  poço e quem estiver no poder, que escute a cobrança, que resolva, seja lá quem for. 
Todos nós temos o direito de cobrar nossos direitos, principalmente, tratando-se de Saúde pública. E o momento oportuno é o momento que a oportunidade oferecer. Em época de eleição, é oportuno desfilar pelas procissões, acenando para as pessoas como se fosse uma passeata eleitoral? Não. Mas todos ou quase todos os políticos fazem isso. E por que na hora de cobrar o direito de um povo, é preciso esperar um momento oportuno, uma sala fechada?
Monsenhor Edson, que também é pastor, que também é um representante de seu rebanho, nada mais fez que cobrar Saúde para seu povo, como todo bom pastor tem direito e até dever de fazer. Ser religioso não é somente dizer "amém" a tudo e todos, é também "dar a César o que é de César..."

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - blog de Marcos Dantas

Partida

Está no colo de Deus, Francisca Lins de Medeiros Gorgônio - Dona Francisquinha de Balinha - que faleceu dia 28 deste mês em Natal, RN, com 78 anos de vida terrena. Dona Francisquinha cumpriu a missão de árvore da vida: esposa de Basílio Gorgônio Filho - Balinha - foram seus frutos, 09 filhos, 19 netos e 10 bisnetos. 
Uma dedicada mãe de família, sempre serena, ela também fez história como professora na Escola Estadual Senador José Bernardo; plantando a semente da Educação em várias gerações de São João do Sabugi, RN. 
Registro aqui o abraço solidário a todos que fazem a família Lins e Gorgônio.

Anna Jailma - jornalista e blogueira 
Foto - albúm de família

Festa de Sant'Ana 2012






A Festa de Sant'Ana, em Caicó, RN, terminou no último dia 29. Além do Auto de Sant'Ana, apresentado no anfiteatro da Ilha de Sant'Ana, a programação da Casa de Cultura, o Pavilhão de Sant'Ana, e o Projeto Banda na Praça, abrilhantaram os festejos com eventos culturais; levando boa música aos ouvidos tão cansados do "qualquer coisa" que ouvimos diariamente. 

O Projeto Banda na Praça, realizado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação e Cultura, trouxe diversas filarmônicas de cidades vizinhas e também do vizinho Estado da Paraíba. Foram bandas de Jardim de Piranhas, Serra Negra do Norte, São José do Seridó, Timbaúba dos Batistas, São Fernando, Picuí PB, e outras cidades vizinhas a Caicó; todas executando peças de vários estilos, inclusive, homenageando o centenário do rei do baião Luiz Gonzaga. A Filarmônica Recreio Caicoense, de Caicó, iniciava a apresentação todas as noites na Praça Dinarte Mariz ( praça do coreto) e logo depois, a banda convidada da noite, realizava sua apresentação.
A Casa de Cultura trouxe, além da ampla exposição que reúne variadas modalidades de arte, apresentações de teatro, de corais e shows com artistas do Seridó, como Paulo Lúcio Dantas, Jonas Linhares, Caio Canuto e tantos outros. Já o Pavilhão de Sant'Ana, em parceria com o SESC Seridó, trouxe artistas de MPB, via Projeto Letra & Música.
A Festa de Sant'Ana, em Caicó, tem eventos para todos os estilos, todas as idades. A criançada teve neste ano, um imenso parque de diversões, na Ilha de Sant'Ana; deixando muitos pais de "coração na boca" diante da montanha russa altíssima, e outras atrações do parque.
Não se pode deixar de comentar, que a Procissão de Encerramento, contou neste ano com mais uma multidão de fiéis, um "mar branco", que caminhou em oração e música pelas ruas da capital do Seridó. É a Festa de Sant'Ana, grandiosa, gloriosa, sempre um estrondo.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - Kurtição

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Produtores Rurais são beneficiados com a Bolsa Estiagem


O Rio Grande do Norte está beneficiando produtores rurais, que sofreram perda de safra, devido as dificuldades enfrentadas pela seca. Pouco mais de 38 mil famílias devem ser beneficiadas com a chamada Bolsa Estiagem, que vai auxiliar o produtor rural com o valor de 400 reais; por família, em até 5 parcelas de 80 reais.
Para receber o auxílio, o produtor rural deve preencher os seguintes requisitos:

Residir em município em situação de emergência ou estado de calamidade pública, reconhecido pelo Poder Executivo Federal entre janeiro e outubro de 2012;
Ser agricultor familiar com Declaração de Aptidão ao PRONAF (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) - DAP
Possuir renda mensal média de até 2 (dois) salários mínimos;
Não ter aderido ao Garantia Safra 2011/2012.
Estar cadastrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Caso seja identificada uma família com perfil para receber Bolsa Estiagem, mas que não esteja no Cadastro Único, é necessário que o Gestor Municipal faça seu cadastramento.

O Bolsa Estiagem ou Auxílio Emergencial é um benefício federal instituído pela Lei Nº 10. 954, de 29 de setembro de 2004.

Anna Jailma - jornalista e blogueira

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Casa de Cultura de Caicó tem programação especial nos festejos de Sant'Ana



Amanhã, 19 de julho, é abertura oficial da Festa de Sant'Ana, em Caicó, RN. Na mesma data, na 'vizinhança' da Catedral de Sant'Ana, a partir das 17h30, acontece a abertura oficial dos eventos e exposições da Casa de Cultura Popular de Caicó, que todos os anos surpreende com encantadoras apresentações artísticas; em várias modalidades.
Na Casa de Cultura, que funciona no Sobrado de Padre Guerra, os visitantes encontram exposição de arte plástica, de trabalhos em literatura de cordel, e artesanato.
O público também pode integrar o aconchegante ambiente de apresentações musicais e teatro, no interior do Sobrado. Amanhã, a programação inclui apresentação da Filarmônica Maria Augusta, de Severiano Melo e show com a regente Jussara, Ceará e Antônio.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - divulgação

Pavilhão de Sant'Ana

A Paróquia de Sant'Ana, em parceria com o Projeto Letra & Música do SESC Seridó, traz uma programação gostosa de ouvir e curtir, nos festejos de Sant'Ana, em Caicó RN.
Todas as noites, após a novena de Sant'Ana, nem precisa sair para longe: logo ao lado da Catedral, acontece o Pavilhão de Sant'Ana, com o melhor da música, ao vivo. Como se não bastasse a boa música, também há disponibilidade da melhor comida típica do Seridó; à venda no tradicional "Barracão".

Anna Jailma - jornalista e blogueira

terça-feira, 17 de julho de 2012

Festa de Sant'Ana 2012 - Caicó RN


18 de julho/quarta-feira: 
17h – Acolhimento aos Peregrinos de Sant’Ana, no Estádio Marizão, seguido de Encontro das Imagens Peregrinas e Missa em Ação de Graças por todas as famílias.
20h – VII Festa dos Doces no Pavilhão de Sant’Ana, ao lado da Catedral.

19 de julho/quinta-feira:
6h30 – Missa
7h – Adoração ao Santíssimo Sacramento, até 12h, na Catedral.
16h30 – Abertura Oficial da Festa de Sant’Ana: Procissão de Abertura, hasteamento da bandeira e Palavra deAbertura.
20h – XXVII Jantar de Sant’Ana no Pavilhão de Sant’Ana.

20 de julho/sexta-feira:
6h30 – Missa na Catedral
8h – XIII Marcha dos Idosos do Seridó: Praça José Augusto – Av. Cel. Martiniano – Av. Seridó – Ilha de Sant’Ana, seguida de Missa no Ginásio Poliesportivo Mons. Antenor Salvino de Araújo.
17h Missa na Catedral
19h Novena
20h30 – Confissões Individuais na Catedral de Sant’Ana.

21 de julho/sábado:
6h30 – Missa
7h30 – IV Encontro das Crianças com a avó Sant’Ana, seguido de Missa na Catedral.
17h – Missa
19h – Novena
20h30 – Confissões

22 de julho/domingo
6h30 – Missa na Catedral
7h30 – Batizados
9h – XI Cavalgada de Sant’Ana e Leilão
11h – Chegada dos ciclistas – Natal/Caicó – da  IV Viagem Ciclística de Sant’Ana, na Praça da Catedral.
16h – XVI Corrida de Sant’Ana – Bote Fé na Vida, na Ilha de Sant’Ana
17h - Missa
19h – 3ª Novena
20h30 – Confissões

23 de julho/segunda-feira
6h30 – Missa
8h – Confissões
17h - Missa
19h – 4ª Novena
20h30 – Confissões

24 de julho/terça-feira
6h30 – Missa
8h – Confissões
17h - Missa
19h – 5ª Novena
20h30 – Confissões

25 de julho/quarta-feira
6h30 – Missa
8h – Confissões
9h – Missa com Unção dos Enfermos
17h - Missa
19h – 6ª Novena
20h30 – Confissões

26 de julho/quinta-feira – Dia de Sant’Ana e São Joaquim
6h30 – Missa
9h – Tradicional Feira de Sant’Ana ( Feirinha ) na Praça da Catedral
17h - Missa
18h30 – Recitação do Ofício de Sant’Ana e São Joaquim
19h – 7ª Novena
20h30 – Confissões

27 de julho/sexta-feira
6h30 – Missa
8h – Confissões
17h – Carreata dos Motoristas, saindo do Parque de Vaqueijada, até a Catedral.
19h – 8ª Novena
20h30 – Confissões

28 de julho/sábado
6h30 – Missa
10h – Batizados no Santuário do Rosário
19h – 8ª Novena

29 de julho/domingo
6h30 – Missa
7h30 – Batizados
10h – Missa Solene de Sant’Ana
16h30 – Procissão e Missa de Encerramento


Postagem - Anna Jailma/jornalista e blogueira
Foto: autor desconhecido

Você joga lixo no chão? Então, o papo é com você


Vi esta fotografia, que é uma verdadeira e coerente crítica às pessoas que jogam lixo no chão. Quem sabe as lixeiras com o nome "chão", leve estas pessoas à jogarem lixo no local certo?! 
Lembrei imediatamente dos grandes eventos, onde a cidade fica coberta de lixo, devido a falta de conscientização - e falta de educação - de seus participantes. A tradicional Feirinha de Sant'Ana, por exemplo, é um dos eventos mais famosos do Rio Grande do Norte, dentro dos festejos de Sant'Ana, em Caicó RN, e infelizmente, à noite, é quase impossível transitar pela cidade. É impressionante a quantidade de lixo jogado no chão. Há lixeiras espalhadas pelos principais pontos de concentrações de pessoas? Sim. Mas, a prática de olhar de lado, vê uma lixeira e jogar o lixo no local certo, ainda está longe do hábito mais comum. 
Neste ano, a Feirinha de Sant'Ana vai acontecer exatamente no Dia de Sant'Ana, dia 26 de julho. Que bom seria se os devotos de Sant'Ana a presenteasse com uma Feirinha de Sant'Ana menos suja, dando aos fiéis a mínima condição de permanecerem no Pavilhão de Sant'Ana ou na Praça Dinarte Mariz ( praça do coreto), sem precisarem disputar espaço com amontoados de lixo. 
Fica o lembrete, porque sou devota de Sant'Ana, e detesto lixo; bem como, detesto falta de educação.

Anna Jailma - jornalista e blogueira.

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Catapora

Há mais de um mês, que existe uma epidemia de catapora em São João do Sabugi, RN. Mas, é impressionante como parece não haver um conhecimento sobre quais são os cuidados necessários com a catapora. Parece que resolveram banalizar a doença, como se fosse um simples “resfriado” e as pessoas – principalmente crianças e jovens – que estão com catapora, circulam normalmente nos locais de maior concentração de pessoas: escolas, igreja, praça, etc. A preocupação em não proliferar a doença, em não contagiar outras pessoas, é simplesmente inexistente.
Lembro que antigamente, quando as informações nem chegavam às pessoas com a rapidez dos dias atuais, os pais tinham o cuidado de que a criança com catapora permanecesse em casa, em repouso. Isso por dois motivos: primeiro, para a melhor recuperação, evitando uma evolução do quadro; e depois, porque existia uma preocupação de que a doença não se espalhasse, não se tornasse uma epidemia, atingindo toda a população. Hoje, vivemos a época do “cada um por si e Deus por todos”. Na época da festa do padroeiro, era comum crianças com catapora dançando quadrilha junto a outras crianças e dias depois, várias crianças apareciam com a doença. E assim permanece: o vírus continua circulando, e a cada dia novos casos surgem na cidade.
Resolvi pesquisar sobre o assunto, até porque, não vejo a catapora como uma doença extremamente perigosa mas também não a vejo como algo banal – talvez até por ter passados maus momentos, quando fui acometida pela doença. Conforme a pesquisa que realizei – em sites específico sobre o assunto – a catapora “pode até atingir órgãos internos e evoluir para óbito”. Então, fica aqui o alerta e uma sugestão: os profissionais de Saúde de São João do Sabugi, RN, procurem fazer um trabalho de conscientização sobre a catapora, se é que ainda não houve este trabalho atualmente. Visitem escolas, informando sobre o assunto; compareçam numa missa de domingo e divulguem informações sobre a doença. Caso contrário,  esta epidemia não vai parar e algo mais grave, como a transmissão ocorrer em grávidas ou recém-nascidos, pode ocorrer; havendo inclusive, o risco de óbitos.
Na postagem abaixo, constam as informações que consegui através de pesquisa na net.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - ilustrativa/autor desconhecido

Catapora também exige cuidados



Catapora (ou varicela): é uma doença infecciosa causada pelo vírus Varicela-Zoster. Altamente contagiosa, mas geralmente benigna, era uma das enfermidades mais comuns da infância antes do advento da vacina.Uma vez adquirido o vírus, a pessoa fica imune por toda a vida. No entanto, ele permanecerá no organismo e, futuramente, poderá provocar uma doença conhecida como herpes-zoster, ou cobreiro.

Sintomas da Catapora: Os primeiros sintomas são febre entre 37,5° e 39,5°, mal-estar, inapetência, dor de cabeça, cansaço. Entre 24 e 48 horas mais tarde, surgem lesões de pele caracterizadas por manchas avermelhadas, que dão lugar a pequenas bolhas ou vesículas cheias de líquido, sobre as quais, posteriormente, se formarão crostas que provocam muita coceira.

Cuidados: Os cuidados com a criança são simples, mas devem ser imediatos, logo que os primeiros sintomas começarem a aparecer. Um dos cuidados é manter as unhas da criança sempre cortadas, para não haver a infecção das vesículas.
Os pequenos devem ficar em repouso e longe de outras crianças para evitar contaminação. Água e sabão são os itens necessários para manter a limpeza do corpo, sobretudo do tronco – onde tem maior predominância dos ferimentos – unhas e couro cabeludo. Também deve ser evitado o uso de pasta d’água e o contato com terra ou areia, que podem ocasionar infecção na pele. O importante é evitar a contaminação das lesões por bactérias, o que complica o quadro. Não coçar as feridas diminui o risco de infecções e a formação de cicatrizes.

Alerta: Adultos ou pessoas debilitadas, que se contaminem com o vírus da catapora, requerem cuidados especiais. As grávidas e os pacientes em tratamento de doenças graves (como o HIV e câncer) devem ficar em alerta para não contrair a catapora. Há o risco de transmissão da doença para o recém-nascido e nos pacientes com histórico de imunodeficiência, pois a varicela atinge os órgãos internos, podendo evoluir para óbito. Em situações extremas, a catapora pode provocar infecção generalizada, pneumonia bacteriana e até morte. Não costuma haver agravamento do quadro, mas há casos onde a catapora, levou a encefalite (infecção no cérebro), e há casos também de meningite e pneumonia.

Gravidez: As gestantes que já tiveram catapora ou tomaram a vacina não precisam se preocupar. Entretanto, as mulheres que não são imunes e contraírem catapora durante a gravidez têm mais probabilidade que outros adultos de desenvolver complicações sérias. Os bebês também podem ser afetados antes de nascer. Os bebês nascidos de mães que estejam com catapora podem desenvolver febre alta e outros problemas sérios. As gestantes que tiveram contato com portadores de catapora devem entrar em contato com o médico imediatamente. As que não tiverem certeza se já tiveram catapora podem fazer um exame de sangue para confirmar se estão protegidas contra o vírus.

Tratamento: Não existe um tratamento específico para catapora. Algumas situações exigem tratamento sistêmico, definido pelo médico, com antivirais e anti-histamínicos para casos muito complicados. O que se deve fazer é repousar, ingerir bastante líquido e principalmente, evitar coçar as feridas para não infeccionar. A recuperação dura de 7 a 10 dias. Outras dicas: Dê banho de banheira a cada 4 horas, a água devera estar morna e coloque uma colher de bicarbonato na água, cuidado ao secá-la, não esfregue. Passe loção de calamina nos locais onde a coceira incomoda. Corte as unhas da criança, deixando bem curtas, dificultando que ela se coce. A coceira piora quando a criança fica quente e suada, portanto deixe-a fresca e calma.

Transmissão: O vírus causador da catapora aloja-se no nariz e na garganta e é expelido no ar quando uma pessoa infectada espirra, tosse ou fala. Ele também está presente nas bolhas e erupções da pele. A catapora é transmitida de uma pessoa para outra pela tosse, espirro ou contato com as erupções. As pessoas com catapora podem transmitir a doença de 1 a 2 dias antes do início dos sintomas e até que todas as bolhas tenham formado crosta (normalmente em aproximadamente 5 dias). Entretanto, pessoas imunodeprimidas podem transmitir a doença por mais tempo, em geral enquanto as bolhas continuarem surgindo. Os sintomas normalmente aparecem de 10 a 21 dias depois do contato com o vírus.

Fonte:

www.catapora-info.blogspot.com.br

www.comocuidar.com.br/saude/como-cuidar-de-catapora/

www.drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/catapora-varicela/

Postagem: Anna Jailma - jornalista e blogueira

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Idoso desconhecido é morador de rua em São João do Sabugi





 É provável que este senhor seja "Zuza", de Macau RN. 

Há mais de 30 dias, um senhor desconhecido passou a viver pelas ruas de São João do Sabugi, RN. Ele aparenta ter 60 anos ou um pouco mais, não mantém diálogo; fala pouco e não emite informações sobre si mesmo ou seu lugar de origem. As frases são curtas e incompreensíveis. Parece ter alguma dificuldade mental. Pela cidade, as pessoas não sabem exatamente como este senhor chegou em São João do Sabugi. Ele dorme pelas calçadas e se alimenta quando as pessoas dão alguma comida para ele. 

Na manhã de hoje, foi divulgado uma nota da Secretaria Municipal de Habitação e Assistência Social, através da Assistente Social Conceição Vieira, explicando que inicialmente foram obtidas informações de que ele seria de Patos de Minas, MG, e que ele teria o apelido de "Carreteiro", mas que depois de um acidente, onde morreram seu pai e sua irmã, ele ficou com problemas mentais. Conforme nota da Secretaria, não se sabe ao certo se essa história é verídica. A nota também informa que em junho, houve contato da Secretaria de Assistência Social de São João do Sabugi, com a Rádio Clube de Patos de Minas, para que algum familiar pudesse entrar em contato, mas não houve retorno de parentes nem de alguém que o conhecesse por lá. Tentativas de contato com a Secretaria de Desenvolvimento Social, de Patos de Minas, MG, ja ocorreram, mas não tiveram êxito. 
Depois de divulgação da nota, no facebook, o conselheiro tutelar Jair Gomes, de Macau, RN, informou que conhece este senhor, pelo nome de "Zuza", e que em Macau, ele sempre viveu pelas ruas, pois não tem família. O também conselheiro tutelar, Ramon Medeiros, de São João do Sabugi, informou à Secretaria de Assistência Social e agora, estão tomando as providências; tentando contato com Macau, para que a situação do senhor "Zuza" seja resolvida da melhor forma e o mais rápido possível.
É lamentável que no nosso país, ainda tenha tantas pessoas, inclusive idosos, perambulando pelas ruas; sem teto, sem família, sem o mínimo de seus direitos garantidos e vivenciados. 
Qualquer outra informação, favor entrar em contato com a Secretaria Municipal de Habitação e Assistência Social, de São João do Sabugi RN, pelos telefones:
(84) 3425-2208
(84) 8837-8723

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - divulgação

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Partida: Urgel Procópio de Lucena

Urgel Procópio de Lucena

Faleceu ontem em Natal, RN, e foi sepultado hoje, aqui em Caicó, RN, o senhor Urgel Procópio de Lucena, comerciante, proprietário de Lanchonete na Av. Rio Branco de Caicó, RN. A conhecida Lanchonete de Urgel foi, por várias décadas, o principal ponto de encontro e de acolhimento entre os sabugienses; inclusive, na minha época de estudante.
Urgel era um autêntico sertanejo, que fazia do trabalho o 'ar que respirava'. Incentivava o estudo dos filhos, perguntava pelas conquistas profissionais dos estudantes que frequentavam sua lanchonete e torcia fervorosamente pelo Palmeiras.  Era casado com a professora Gorete, com quem construiu uma família de três filhos: Pascoal, Lázaro e Nicole. 
Aos seus familiares e amigos, meu abraço solidário. Urgel está com Deus. 


Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - albúm de família

Point do Espetinho inaugura hoje!

 Hummm...
 Ai que delíciaaaaaaaaaaa...
Em São João do Sabugi, quem tem bom gosto, está vivendo uma contagem regressiva; para inauguração do mais novo "point do espetinho". A partir das 18h de hoje, Cícero Guedes vai colocar a disposição de quem tem bom paladar, um ambiente divertido e com cara de terra da gente: espetinho com um bom tempero, bem quentinho, misturado a um bom papo de calçada que só no interior existe, água de coco ou cerveja gelada ( isso fica à seu critério) e a brisa gostosa da noite sabugiense. 
O mais novo point do espetinho vai funcionar no antigo comércio de Sebastião e Bagai Mariz. A única exigência é que os clientes compareçam com um bom papo, na ponta da língua, e claro, uma graninha no bolso.
Bom apetite!

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos ilustrativas: autor desconhecido

terça-feira, 3 de julho de 2012

Revista Contigo destaca "Lampião" sabugiense

 Fláuber Gorgônio é destaque na Contigo, como "Lampião" do Maior São João do Mundo


Fláuber Araújo Gorgônio, filho do saudoso casal Cacilda e Pipita Gorgônio, é destaque na última Revista Contigo, em camarote dos famosos, durante o São João de Campina Grande, PB.  Como "Lampião" Fláuber foi registrado no camarote e foi para as páginas da famosa revista.
Em Campina Grande, PB, ele é destaque na arte da dança, sendo também jornalista, professor, coordenador de Esportes e de Eventos do conceituado Colégio Motiva; além de ator, onde tem várias representações como "Lampião". Fláuber já integrou o famoso grupo de dança Tropeiros da Borborema, onde teve oportunidade de conhecer vários países da Europa, em apresentações artísticas do grupo e, em 2008, foi destaque em apresentações do Grupo de Dança Caétes, de Campina Grande PB, que integra com sua esposa, a professora de dança e também jornalista, Rosilene.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - Revista Contigo

Maior São João do Mundo destaca sabugiense

 Rosilene Gorgônio (esposa de Fláuber), Fláuber Gorgônio, uma amiga e Adriano Azevedo (Gringo), na Corrida da Fogueira, 2012, em Campina Grande PB


 Nos festejos juninos de Campina Grande, PB, houve a famosa Corrida da Fogueira; no último dia 30,  que neste ano já completa seus 8 anos de existência. Entre os premiados, está Adriano Azevedo, conhecido por todos nós como "Gringo de Chico Rita", que chegou ao 2º lugar na Categoria Especial da Corrida da Fogueira.
Na Categoria de 30 a 49 anos, estava concorrendo Fláuber Gorgônio, jornalista, professor e ator, filho dos saudosos D. Cacilda Araújo e Epitácio Gorgônio ( Pipita). Fláuber chegou ao 15º lugar na sua categoria. 
Parabéns aos dois, Gringo e Fláuber.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - cedida por Fláuber Gorgônio