sexta-feira, 12 de abril de 2013

Partida: Sônia Galvão





A escritora Lya Luft disse sobre a morte “Ela é natural, dizem; é inevitável, sabemos. Mas a gente não entende, não aprende, não se conforma. Porque não se decifra esse enigma. Porque não somos bons alunos nessa dura escola”
Hoje partiu Sônia Galvão e sinto muito pela sua partida. Este é um adeus muito doloroso, para todos que a conheceram de perto.
Sônia significa “sábia” e Sônia era sábia de coração. Os bons sentimentos como amizade, gratidão e lealdade, são suas mais fortes características; eternamente lembradas pelos que a conheceram. Sua intensa dedicação à sua família, é um exemplo inesquecível para todos nós.
Resta pedir a Deus e a Mãe Maria que conforte os que ficam, os que choram sua partida. Que Deus nos fortaleça com esperança, com o fortalecimento da fé, com a certeza de que ‘a vida para quem acredita, não é passageira ilusão’.
Sinto muito pela sua partida, Sônia, mas creio que agora você já está rodeada pelos seus; entre abraços e risos, daqueles que você muito amou, e partiram antes de você. Fique em paz e viva na felicidade eterna e plena, que o Pai Celeste lhe preparou.
Um forte abraço aos seus familiares.

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Um comentário:

Magna Sônia disse...

Quando se fala de morte eu penso logo no encontro com a família, com os amigos ... sinto saudades mas o tempo cura tudo quando passa correndo. O tempo só não passa para a história de uma amizade ímpar na vida da gente.Vinicius de Morais diz assim aos amigos distantes,"Para mim basta saber que vocês existem."Eu digo aos que deixaram de existir que nos encontraremos um dia e faremos uma grande festa ...