terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Adeus, Moacy Cirne

Foto - João Maria Alves: Moacy Cirne





O olhar inquieto, atento e profundo de Moacy Cirne, adormeceu.  Faleceu em Natal, RN, no último sábado, dia 11, e foi sepultado em Caicó, RN, o  poeta, escritor, professor aposentado da Universidade Federal do Rio de Janeiro, considerado por muitos como um dos maiores estudiosos do cinema e das histórias em quadrinhos do Brasil.
Moacy Cirne, de São José do Seridó, RN, era um intelectual múltiplo, com incansável sede de estudar, analisar e aprofundar-se no mundo da arte e cultura, além de ter uma grande preocupação social. Com um jeito simples, de autêntico seridoense, cativou amizades pelo Brasil inteiro e permanece eternizado nas suas obras literárias. Entre seus livros estão: Uma Introdução Política aos Quadrinhos, Para Ler os Quadrinhos, e recentemente lançado “Seridó Seridós”, com várias crônicas sobre os encantos do Seridó.
Me sinto lisonjeada em ter recebido suas visitas e comentários, por várias vezes, neste blog À Flor da Terra. Moacy gostava de comentar sobre poesias e notícias do Seridó, sobretudo quando tratava-se de notícias que abordavam questões culturais. O conheci pessoalmente durante uma Feira do Livro, em Caicó, RN. Siga em paz, grande Moacy Cirne.


Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: