quinta-feira, 26 de março de 2015

Audiência Pública discute situação instável da Casa de Estudantes de Caicó







A Câmara Municipal de Caicó realizou audiência pública terça-feira, dia 24, através do Centro de Estudos e Debates, para discutir as dificuldades enfrentadas pela Casa do Estudante de Caicó. O autor da solicitação foi o presidente do Poder Legislativo, Nildson Dantas, e participaram das discussões os demais vereadores, representantes da 10ª DIRED, igrejas, sindicatos, associações e demais representantes da sociedade civil organizada.
Segundo Nildson, havia uma série de dúvidas, como a questão documental que deve esclarecer a quem cabe contribuir oficialmente com a Casa. “Queremos soluções definitivas e, por isso, criamos uma comissão com a presença de membros da Câmara, da sociedade e dos estudantes. Preliminarmente, nós conhecemos como funciona a instituição que hoje comporta 51 sócios, mas apenas seis são de Caicó. O restante é de cidades do Rio Grande do Norte, Sertão da Paraíba, Ceará e até São Paulo”, destacou o presidente do Legislativo
Para o presidente da Casa do Estudante, Marthnelly Sousa, a partir de agora foi lançado um olhar mais aprofundado sobre as problemáticas enfrentadas. “Em termos de ajuda o que existe hoje é um TAC (termo de ajustamento de conduta), que obriga o Governo do Estado a fornecer alimentos e material de limpeza durante seis meses, sendo possível renová-lo”, explicou Marthnelly. “Mas também há graves problemas na infraestrutura do prédio”, completou.
Diante disso, o presidente da Câmara, Nildson, declarou que a assessoria irá analisar a documentação da Casa do Estudante, para discutir a viabilidade dos convênios.
Hoje a comissão tem reunião agendada com o prefeito interino de Caicó, Oriel Segundo, e na próxima semana pela Secretaria Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SETHAS).

Fonte e Fotos: Assessoria da Câmara de Vereadores/Caicó
 

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: