quarta-feira, 29 de julho de 2015

São João do Sabugi despede-se de Braz Caboclo, um de seus principais construtores



Amanhã, dia 30, acontece em São João do Sabugi, RN, missa de corpo presente e sepultamento do Sr. Braz Antônio de Morais – Braz Caboclo, que foi um dos homens que construiu a história de São João do Sabugi com as próprias mãos.

Antes de exercer a função de pedreiro, Braz Caboclo foi servente do primo Cordovil. Com o passar dos dias, o conhecimento foi aprimorado e Braz tornou-se referência na região, no trabalho de construção. 

Em São João do Sabugi, muitas das principais obras, tiveram Braz na construção de tijolo à tijolo: a Praça Antônio Quintino de Araújo, a Maternidade Dr. José de Medeiros Rocha, a Torre do lado Sul da Igreja de São João Batista, o Posto de Saúde – hoje, Unidade Mista de Saúde Dr. Kival Gorgônio, o Cemitério Público São Pedro, o antigo prédio da Escola Estadual Santa Terezinha e a Escola Estadual Senador José Bernardo.

Ele dizia que a melhor época de sua vida foi quando esteve no serviço militar, porque sonhava em ir a guerra e conhecer o mundo. Afirmava que mesmo sabendo dos perigos da guerra não tinha medo porque “quando se é jovem não se pensa em perigo”. Não foi à guerra, mas, permaneceu no Exército de 1945 a 1946.Em 1946, esteve em Fernando de Noronha, no Segundo Batalhão 16 RI. 

Ele era o quarto filho, de uma família de 08 irmãos. Na infância, como a maioria das crianças da época, já ajudava o pai nas tarefas que contribuíam para o sustento da família, cuidando de porcos e do gado. E quando relembrava sua história de vida, Sr. Braz Caboclo destacava “eu fui uma das pessoas que mais trabalhou no mundo”. 

O renomado pedreiro sabugiense faleceu aos 92 anos, em sua residência, em São João do Sabugi, amparado pelos seus familiares. Construiu família com Francisca Fernandes Medeiros de Morais, sendo 11 filhos, 35 netos e 14 bisnetos. 

Na manhã desta quinta-feira, dia 30, será sepultado no Cemitério Público São Pedro, em São João do Sabugi, RN, que ele próprio construiu. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - Ednaldo Medeiros

Um comentário:

Anônimo disse...

SAUDADES DESTE GRANDE HOMEM. FEZ A HISTÓRIA DE NOSSA AMADA TERRA DO SABUGI. MINHAS ORAÇÕES PELA SUA SANTA ALMA. E MEU ABRAÇO DE CARINHO AOS MEUS PRIMOS (SEUS FILHOS - AS).
BEIJO DO URBANO MEDEIROS, ESPOSA, FILHOS E NETOS