quinta-feira, 29 de outubro de 2015

SESC Seridó oferece exposição de energia eólica e cenas da vida, até dia 31

O catavento gira e cavalo corre, corre...E o milho pila...

A sanfona abre e fecha...

E a bicicleta pedala, pedala
Energia eólica, cenas da vida no campo, cultura popular e arte, dão vida a Exposição “Zé da China: mestre da arte popular em movimento”,  do escultor José Daniel Filho, natural de Major Sales, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte.

Em Caicó a exposição permanece até dia 31 de outubro, no SESC Seridó, sendo aberta ao público, com entrada gratuita.

Frequentemente as escolas e outras instituições estão visitando o SESC para conhecer a renomada exposição, que vem percorrendo várias cidades durante o ano.

José Daniel tem 58 anos, leva a vida construindo cataventos que transmitem o cotidiano da vida simples: na exposição enquanto o cata-vento gira, vemos pessoas pilando milho, marceneiros cerrando madeira, mulher costurando, baterista tocando, vaqueiros na pega do boi, trio de forró tocando e tantos outros ofícios. É o vento dando vida a cena.

Casado e pai de quatro filhos, Zé de China, reside no distrito de Fazenda Nova, vizinho a Major Sales. Moldando o ferro, ele faz uso dos conhecimentos básicos da física mecânica, e da reciclagem, porque reutiliza motor de ventilador em desuso, para a criação dos cataventos de movimentos sincronizados de suas peças.

As peças de Zé da China costumam ser utilizadas na comunidade que vive, no teto das casas rurais, como forma de encantar e levar ludicidade ao ambiente.

Fotos - divulgação

Anna Jailma - jornalista e blogueira

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Professora potiguar Débora Seabra é homenageada em Brasília



Amanhã em Brasília, a professora potiguar Débora Seabra será homenageada com o Prêmio Darcy Ribeiro de Educação – Edição 2015, prêmio destinado a figuras de destaque na Educação do Brasil.

Débora reside em Natal, RN, é portadora de síndrome de down, estudou somente na rede regular de ensino, tem formação em magistério e fez estágio na Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, do Estado de São Paulo. Há mais de 10 anos ela é professora em Natal. Ela também faz palestras pelo Brasil e no Exterior, onde enfatiza o combate ao preconceito.

O Prêmio Darcy Ribeiro é promovido pela Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Anualmente o prêmio é destinado a três pessoas – físicas ou jurídicas – que tenham sido exemplo com desenvolvimento de ações educativas do país.

A premiada Débora Seabra irá receber diploma de menção honrosa e medalha com a efígie de Darcy Ribeiro.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto - arquivo pessoal

Florânia instala empresa de confecções e inscreve interessados em corte e costura


Em Florânia está havendo inscrições para treinamento em corte e costura, com objetivo de capacitar funcionários para a empresa AJP Confecções LTDA, da cidade de Parelhas.

As inscrições acontecem a partir desta segunda-feira, dia 26, no antigo prédio da Fábrica de Castanhas, em Florânia.

A empresa tem como sócia- proprietária, a empresária Vanúzia Araújo e iniciou seu funcionamento em 2013, sempre trabalhando com alvejamento, tingimento e torção em fios, tecidos, artefatos têxteis e peças do vestuário, confecção de vestuário – com exceção de roupa íntima.

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Foto - imagem ilustrativa

SESC Seridó lança Revista Palavra hoje


Acontece hoje no SESC Seridó, em Caicó, o evento intitulado de Autores e Ideias, com lançamento da Revista Palavra, tendo presença do jornalista Marcos de Souza da Tribuna do Norte, e da escritora Débora Ferraz, que vai falar sobre seu livro, vencedor do prêmio SESC de Literatura. 

A Revista Palavra surgiu como desdobramento do Prêmio Sesc de Literatura,  e seu conteúdo leva a discussões sobre o universo literário, publicando artigos que envolvem a literatura, com destaque para a prosa e a poesia, além de entrevistas com escritores renomados.

O evento acontece hoje no SESC Seridó, às 19h30, na Biblioteca do SESC. Entrada gratuita.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Foto Revista Palavra 2014

Câmara Cascudo é destaque em Museu de São Paulo



Está em exposição no Museu de Língua Portuguesa de São Paulo, a trajetória de vida do professor  potiguar Câmara Cascudo, também advogado, jornalista, antropólogo, historiador e estudioso da cultura brasileira, com destaque para nossos hábitos, a culinária, os medos, superstições e fé.

Entre as curiosidades sobre o professor nascido em Natal, RN, relata-se na exposição que ele costumava deixar um ‘recado’ na porta de sua casa “o professor Câmara Cascudo não recebe pela manhã” e posteriormente, quando atendia as pessoas, usava seu traje preferido: pijama.

A culinária, os hábitos alimentares do povo brasileiro, teve atenção privilegiada nos estudos de Câmara Cascudo. Durante 20 anos ele estudou a alimentação portuguesa, africana e indígena, trazendo à tona o conhecimento sobre as influências na alimentação do brasileiro.

O folclore também foi uma das paixões literárias de Câmara Cascudo. Pelo folclore ele debruçou-se em vastas pesquisas e escreveu sobre o rico folclore brasileiro, inclusive, lançando em 1954 o Dicionário do Folclore Brasileiro que teve sucessivas edições.

A exposição permanece no Museu da Língua Portuguesa até 14 de fevereiro de 2016, na capital paulista, na Praça da Luz. A entrada custa 6 reais, sendo gratuita aos sábados. Para professores da rede pública, crianças até 10 anos e adultos a partir de 60 anos, a entrada é gratuita todos os dias.

Foto: Museu da Língua Portuguesa

Anna Jailma - jornalista e blogueira

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Projeto "Doe Livros, Abra Sorrisos" favorece o desenvolvimento da criançada, através da leitura




Neste mês de comemoração ao Dia da Criança, as crianças da Escola Municipal Frei Damião foi presenteada com livros e gibis que foram viabilizados através de um projeto filantrópico intitulado de “Doe Livros, Abra Sorrisos”.

O projeto é realizado através das integrantes de outro projeto – Artesãs do Futuro – e surgiu na realização do “Dia C”, meses atrás, quando realizaram a primeira ação no bairro Walfredo Gurgel.

Com a participação de empresas, escolas e doações particulares, foi possível ‘abrir sorrisos’ de muitas crianças e incentivar o hábito da leitura, favorecendo a contação de histórias e o desenvolvimento de atividades pedagógicas a partir da diversidade de livros infantis.  “ Atendemos 90 crianças. O Bazar das Amigas fez a doação de 90 lancheiras e distribuição de lanche, os De Molay fizeram atividades com balões e deram suporte ao evento", disse Luciene Ramos, assistente social e integrante do projeto.

"Doe Livros, Abra Sorrisos" contou com os seguintes colaboradores, através de doações: Casa de Cultura Popular de Caicó, Artesãs do Futuro, Bazar das Amigas, Digitek, Colégio e Externato Santa Clara, Clube das Samaritanas Severina Abigail, Clube das Mães dos De Molay, Colégio Diocesano Seridoense, Casa de Pedra- Coletivo de Arte, Instituto Pilares Rosa Maria de A. Oliveira e a Livraria e Papelaria Santo Antônio.

A entrega dos livros aconteceu na manhã do dia 14 de outubro, na escola, levando muita alegria para a criançada. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - Projeto Doe Livros, Abra Sorrisos

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

A literatura vai 'ganhar as paradas' em Natal

Um projeto intitulado de Literatura Potiguar nas Paradas, foi lançado em Natal, através da iniciativa do Governo do Estado, via Fundação José Augusto.

O lançamento aconteceu na Cidade da Criança, durante a Feira de Livros e Quadrinhos de Natal, ocorrida de 15 a 18 de outubro. O espaço contou com sofá, mesa e livros e atividades.


Como o nome deixa saber, a ideia do projeto é levar literatura às paradas de ônibus. A intenção é promover recitais, conversas e lançamentos de livros.

No próximo ano, precisamente no Dia Nacional da Poesia, 14 de março, o projeto ganha as ruas.
Para comemorar a data, o estande será montado na calçada do IFRN da avenida Senador Salgado Filho, em Tirol. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Festival de Cinema Infantil começa dia 23 na capital



A partir da próxima sexta-feira, dia 23 de outubro, acontece em Natal o Festival Internacional de Cinema Infantil - FICI , que permanece até 1º de novembro.

A programação traz longas e curtas- metragens do cinema nacional e internacional, sendo mais de 100 filmes de 25 países e tudo com meia entrada para todos, na rede Cinemark, no Shopping Midway Mall.

Além de Natal, apenas as cidades do Rio de Janeiro e Niterói, no Estado do Rio, Salvador BA, Aracajú SE, e São Paulo SP, realizam este Festival.


O Festival Internacional de Cinema Infantil também traz oficinas e debates. 

Foto - FICI no Rio de Janeiro
Anna Jailma - jornalista e blogueira

FLiQ - Feira de Livro e Quadrinhos, levou um universo de leitura a Cidade da Criança





Em Natal aconteceu de 15 a 18 de outubro a Feira de Livros e Quadrinhos, reunindo autores de todas as idades, além de um universo de livros para leitores dos mais diversos estilos literários.

Na Cidade da Criança, as oficinas lúdicas, contação de histórias e bate papo com escritores renomados, atraiu a população potiguar, criando um ambiente enriquecedor graças ao mundo da leitura.

Um dos livros lançados durante a Feira, foi o livro infantil “Mar, a menina e o vento”, do jornalista Adriano Cruz, que também é professor da UFRN. O livro conta a história da pequena Maria, conhecida por “Mar”, de 12 anos, que vive numa cidade do interior do Estado e que vê a pobreza da família de forma leve e cheia de esperança.
Numa manhã um acontecimento misterioso transforma a vida da menina e até o nome da cidade. A narrativa é contada de maneira poética e com expressões regionalistas na sua linguagem.
O livro tem também uma versão em espanhol e tem ilustrações do artista plástico Lucas Fontana, que podem ser coloridas pelo leitor.

 Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - Jean Lopes e FLiQ/ Adriano Cruz

NOTÍCIAS DO TEATRO




REDE SERIDOENSE DE TEATRO: A nova administração do Centro Cultural está se reunindo com grupos culturais do Seridó com a proposta de criar e fortalecer a rede seridoense de teatro.  

Recentemente o diretor Alexandre Muniz e artistas da cultura popular de Caicó, estiveram reunidos com o grupo Flor de Muçambê de Ipueira e o grupo de teatro Valmira Morais, de São João do Sabugi.

Ambos os grupos, de Ipueira e São João do Sabugi, reúnem adolescentes e jovens integrando eventos da cidade, como festa do padroeiro, semana santa, apresentações ligadas a Educação e Saúde, enriquecendo a cultura local. 




FESTANÇA PARA CRIANÇANo domingo, dia 18, o Centro Cultural trouxe contação de histórias, brincadeiras, teatro, além de jogos pedagógicos, usando sempre de muita ludicidade, para a criançada.Também houve distribuição de picolé e algodão doce.


No Terreiro das Artes tudo respirava infância, com decoração divertida, colorida e personagens que interagiam com a criançada, usando da criatividade. Entre os artistas da cultura popular estavam Emanuel Bonequeiro e Dodora Medeiros. 




A CASATÓRIA C'A DEFUNTA: O Terreiro das Artes, do Centro Cultural Adjuto Dias, de Caicó, apresenta na noite do dia 24 de outubro, a Companhia Pão Doce de Teatro, com o espetáculo “A Casatória c’a Defunta”.

O espetáculo acontece dentro da programação da Aldeia SESC de Cultura. Conforme resumo da peça, publicado pelo Centro Cultural, “o espetáculo ‘A Casatória C'a Defunta’, conta de modo lúdico e divertido as peripécias de quem já partiu desta vida para uma melhor e dos que ainda respiram por esses ares. Cinco atores em “pernas-de-banco” levam a magia para as ruas a partir da história do medroso Afrânio, que está prestes a casar-se com a romântica Maria Flor, mas acidentalmente casa-se com a fantasmagórica Moça de Branco, que o conduz para o submundo. Chegando lá, o jovem vai fazer amigos valiosos e aprenderá uma lição, porém está disposto a não desistir do seu amor verdadeiro, mesmo que isto lhe custe a própria vida. O Espetáculo tem direção de Marcos Leonardo de Paula e Texto e Música originais de Romero Oliveira.”


Uma interessante e ‘assombrosa’ história para assistir no Terreiro das Artes. 


REABERTURA DO CENTRO CULTURAL: Atualmente o Centro Cultural Adjuto Dias continua sem autorização para funcionamento interno, devido regularizações que devem ser realizadas para haver esta liberação. 

Houve reunião na Câmara de Vereadores de Caicó, dia 16 de outubro, buscando formas de definir este retorno do funcionamento do teatro de Caicó. A boa notícia é que conforme declaração do diretor da Fundação José Augusto, Rodrigo Bico, as devidas regularizações para viabilizarem o retorno do teatro, devem ocorrer até final de outubro.

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - arquivo do Centro Cultural


Festa do Rosário acontece em Caicó



Iniciou dia 15 a Festa de Nossa Senhora do Rosário, aqui em Caicó. A festa que é evento de fé e cultura, permanece até dia 25 deste mês. A cultura vem nos passos dos Negros do Rosário, em dança, com tambores, lanças e pífanos, resistentes ao longo da história.

Já houve a passeata dos motociclistas com Maria, a cavalgada do Rosário, e na próxima sexta-feira será o Jantar do Rosário, em frente ao Santuário. O leilão acontece sábado, dia 24.

Vale destacar que todas as noites temos atrações culturais com artistas da terra, na Praça do Rosário. Dia 18, violeiros repentistas, com a poetisa Constância Uchoa e as crianças do grupo Sementes da Terra, homenagearam o poeta Sebastião Silva.

Nesta segunda-feira, temos Caio Canuto. Dia 20 Sílvio Brito, 21 Dão Nunnes, 22 Luciano Sax, 23 Rodolfo Lopes, dia 24 Max Acústico e 25 o forró pé de serra do Trio Bagaço.

Já houve apresentação da brilhante Berenice Nascimento, dia 16. E dia 17, foi a vez das Nordestinas e Dodora Cardoso – com um tributo a Elino Julião.

A programação dos dias 17 e 18 aconteceu através da Casa de Cultura Popular de Caicó, em projeto itinerante, buscando levar cultura onde o povo está, valorizando e reconhecendo estes grandes nomes da nossa cultura popular: o saudoso Elino Julião e o grande poeta Sebastião da Silva, que esteve no evento com toda sua família.

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Foto Paulo Jr