quinta-feira, 29 de outubro de 2015

SESC Seridó oferece exposição de energia eólica e cenas da vida, até dia 31

O catavento gira e cavalo corre, corre...E o milho pila...

A sanfona abre e fecha...

E a bicicleta pedala, pedala
Energia eólica, cenas da vida no campo, cultura popular e arte, dão vida a Exposição “Zé da China: mestre da arte popular em movimento”,  do escultor José Daniel Filho, natural de Major Sales, cidade da região Oeste do Rio Grande do Norte.

Em Caicó a exposição permanece até dia 31 de outubro, no SESC Seridó, sendo aberta ao público, com entrada gratuita.

Frequentemente as escolas e outras instituições estão visitando o SESC para conhecer a renomada exposição, que vem percorrendo várias cidades durante o ano.

José Daniel tem 58 anos, leva a vida construindo cataventos que transmitem o cotidiano da vida simples: na exposição enquanto o cata-vento gira, vemos pessoas pilando milho, marceneiros cerrando madeira, mulher costurando, baterista tocando, vaqueiros na pega do boi, trio de forró tocando e tantos outros ofícios. É o vento dando vida a cena.

Casado e pai de quatro filhos, Zé de China, reside no distrito de Fazenda Nova, vizinho a Major Sales. Moldando o ferro, ele faz uso dos conhecimentos básicos da física mecânica, e da reciclagem, porque reutiliza motor de ventilador em desuso, para a criação dos cataventos de movimentos sincronizados de suas peças.

As peças de Zé da China costumam ser utilizadas na comunidade que vive, no teto das casas rurais, como forma de encantar e levar ludicidade ao ambiente.

Fotos - divulgação

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: