terça-feira, 24 de novembro de 2015

Aos 83 anos, doceira realiza Oficina de Cocada em Caicó




Dona Dalvaci de Araújo Medeiros, conta com 83 anos de idade e tem na sua história de vida, o reconhecimento como seridoense que destaca-se na arte culinária, em especial, no fazer cocadas.

Na programação da 5ª Mostrarte da Associação União do Sobrado, dia 08, às 17h, consta Oficina de Cocadas com a Sra. Dalvaci, que irá transmitir sua receita e mostrar passo a passo da sua arte. A Oficina é gratuita e será na Esquina dos Artistas – antigo Restaurante Cafumbó – ao lado do Arco do Triunfo, em Caicó RN.

Natural de São João do Sabugi, RN, foi fazendo cocada, doces e bolacha de leite, que Dona Dalvaci – mãe dos músicos Urbano, Ubaldo e Totó Medeiros -  contribuiu na criação dos sete filhos, junto ao esposo Bil Medeiros, músico e artesão do alumínio. Em 1972 passou a residir em Caicó, onde deu continuidade aos trabalhos da culinária e até hoje é reconhecida como dona da melhor cocada da região.

Recentemente, estudantes de Nutrição da UFRN, realizaram entrevistas com Dona Dalvaci sobre seu conhecimento no mundo da culinária. Os estudantes passaram um dia em sua residência, conhecendo a prática do seu trabalho. Ela também já integrou página da Revista Bateia/Junho 2015, em sua 1ª edição, sendo homenageada entre três destaques da culinária em São João do Sabugi. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - Anna Jailma

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Museu leva “Fósseis – Relíquias da Vida” ao público, em Parnamirim



Parte do acervo de Paleontologia do Museu Câmara Cascudo da UFRN, está visitando Parnamirim, com a Exposição “Fósseis – Relíquias da Vida”, até dia 11 deste mês, no horário das 08h às 11h, 14h às 17h, e 19h às 22h. O evento acontece No Espaço Cultural Nestor Lima, no bairro Boa Esperança de Parnamirim.


No encerramento – dia 11, às 15h – terá uma palestra “Quando a América do Sul era uma Ilha” abordando a fauna de mamíferos do nosso continente nos últimos 65 milhões de anos. 


Os visitantes conhecem artefatos históricos como fragmentos fósseis de grandes mamíferos, incluindo preguiças gigantes, mastodontes e tatus, com tamanho estimado em até 3 metros de comprimento e peso que ultrapassava uma tonelada. Também estão em exposição fósseis invertebrados.

O “Ciência Andante” é um projeto de extensão do Museu Câmara Cascudo/UFRN que pretende, através de ações envolvendo exposições itinerantes com acervo ligado à Paleontologia, divulgar o conhecimento científico e estimular comunidades de escolas públicas e privadas do interior do estado a explorar o ensino das ciências no campo da Paleontologia e da preservação do patrimônio natural.
 

Anna Jailma - jornalista e blogueira 
Foto - divulgação

AQUI, ALI E ACOLÁ - Notas de Conhecimento e Cultura



AQUI – É hoje aqui em Caicó, o Concerto de instrumentos de cordas, incluindo violino e violoncelo, do Café Quarteto. A apresentação será as 19h30, no salão nobre da Casa da Cidadania, ao lado do Santuário do Rosário.



ALI NA CAPITAL - Começaram hoje no DETRAN as inscrições gratuitas para a ação  “Eu e minha moto feliz” com treinamento e orientações, conscientizando sobre o trânsito: pilotagem defensiva, manutenção, técnicas sobre o fazer curvas em várias situações, e outros assuntos, tendo como público-alvo os motociclistas. É uma ação que viabiliza mais informação a quem possui motocicletas e com isso, o DETRAN pretende extinguir ou reduzir o número de acidentes no trânsito envolvendo este tipo de veículo.
O curso acontece em Natal, e a inscrição é feita pelo telefone 84- 3232 6600. O dia da ação será sábado, dia 14, das 8h às 13h, no Centro de Pilotagem da Honda, na zona Norte de Natal.


ACOLÁ EM MOSSÓRÓ – Completando 11 edições, a Feira do Livro na capital da cultura, em Mossoró, superou as edições anteriores. Debates literários, encontros entre autores, apresentações culturais e a diversidade de livros unida aos preços acessíveis.
Mais de 1 milhão de reais foram movimentados na compra e venda de livros, inclusive, havendo destaque para os autores do Rio Grande do Norte, com venda de mais de 5 mil obras.
Visitantes de 30 cidades do Rio Grande do Norte, estiveram na Feira do Livro conhecendo e comprando as obras, também aproveitando as 100 horas de programação cultural gratuita na Estação das Letras. Sabe-se que o cantor e compositor Leoni ficou surpreso com a quantidade de mossoroenses prestigiando sua apresentação, correspondendo ao dobro do público de Natal.



Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos divulgação