terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Boletim para conferir voto será implantado nas eleições 2018

Nas eleições gerais de 2018 – ainda demora um pouco! – haverá impressão de um boletim para conferir o voto. Funciona assim: o eleitor vota na urna eletrônica como já acontece, mas uma impressora vai mostrar nome e número do candidato votado. O eleitor vai verificar e confirmar o voto. Se não for como ele gostaria, vai comunicar ao mesário para ter direito a tentar e acertar.

Mas, para quem pensa – e até se anima – achando que isso irá favorecer a compra e venda de votos, saiba que o eleitor não irá levar o tal comprovante do voto para casa. O boletim impresso será colocado em local lacrado, de forma automática, sem contato manual com o eleitor, para garantir o total sigilo do voto.

Esta verificação antes do “confirma” irá evitar os votos equivocados ou até anulados. Irá também auxiliar na contagem dos votos, pois, em caso de suspeita de fraude, a Justiça Eleitoral pode comparar os votos registrados na urna eletrônica com os votos colocados na urna dos boletins impressos.


Para isso haverá investimento de 1,8 bilhão de reais, conforme o estimado pelo TSE, para aquisição de equipamentos de impressão e despesas de custeio das eleições. 

Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: