quarta-feira, 18 de maio de 2016

Dia 18 em Caicó é lembrado com blitz e participação de agências bancárias





O Dia D da Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescente, teve como marco em Caicó, “Blitz 18 de Maio”, realizada no cruzamento da Av. Coronel Martiniano com Av. Seridó e em frente a Escola Estadual Calpúrnia Caldas de Amorim – EECCAM, nesta quarta-feira.
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL

A blitz reuniu órgãos de proteção à criança e adolescente como Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, Centro de Referência de Assistência Social - CRAS, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - SCFV, Conselho Tutelar e Aldeias Infantis SOS, que compareceu com crianças e adolescentes dos pólos assistidos pelas Aldeias nos bairros Frei Damião e Samanaú.

Na blitz foram colocados adesivos nos veículos, houve distribuição de folders informativos com a população, e nos sinais de trânsito foram expostas as faixas com frases que provocam a conscientização: “No Brasil 165 crianças ou adolescentes sofrem abuso sexual por dia, ou sete deles a cada hora” e “A denúncia é seu basta na violência. Enquanto você pensa se denuncia, a violência continua”

CORREIOS E TELÉGRAFOS
Neste ano, houve parceria com agências bancárias. Os funcionários abraçaram a causa e vestiram a camiseta da campanha durante o expediente de trabalho, neste   dia 18, além de utilizarem banners no interior das agências. 

“As agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Correios e Telégrafos abrilhantaram a Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescente 2016. Clientes e funcionários demonstraram apoio total a campanha e isso é muito gratificante”, disse Sibelly Varela de Paula, coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS

A data do dia 18 de maio é o Dia D da Campanha, remetendo a morte da menina Aracelli, violentada e morta em 1973, em Vitória, no Estado do Espírito Santo. Seus agressores continuam impunes.

BANCO DO BRASIL
Esta realidade não é distante. Aqui em Caicó, em 10 de setembro de 2009, o menino Victor Manoel dos Santos, de 8 anos, foi violentado e morto afogado no Rio Seridó, por dois vizinhos de confiança da família. Um deles está preso; mas, o outro permanece em liberdade.

A Campanha de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescente é realizada em Caicó pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Habitação e Assistência Social - SEMTHAS, e Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS. 


Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - CREAS

Nenhum comentário: