quinta-feira, 12 de maio de 2016

SESC Seridó traz Violas Singulares para Caicó





No próximo sábado, dia 14, acontece em Caicó apresentação do Projeto Sonora Brasil, que está em sua 19ª edição, e traz o tema Violas Singulares. O evento será no Salão Nobre da Casa da Cidadania – prédio da antiga prefeitura de Caicó, às 19h30, entrada gratuita. 

O Projeto acontece através do SESC e chega a Caicó via SESC Seridó.


Neste sábado, visita Caicó o grupo Violas Singulares, violas “enraizadas” nas suas regiões de origem, sendo pouco difundidas além das fronteiras de suas regiões: viola-de-cocho, viola fandangueira ou caiçara, e viola de buriti. Com elas, são eternizados os gêneros musicais regionais como fandango da região Norte do Paraná, cururu e siriri do Mato Grosso e os gêneros da tradição do cerrado em Tocantins.

A chamada viola-de-cocho, do Estado do Mato Grosso, é apresentada pelo músico e professor Sidnei Duarte, especialista neste instrumento, tanto na técnica quanto na teoria; inclusive, o professor tem desenvolvido relevantes pesquisas acadêmicas sobre o assunto.

A viola fandangueira ou caiçara vem do Estado de São Paulo, sendo apresentada por Rodolfo Vidal que convive com esta viola desde a infância em Cananeia SP, inclusive criando composições especiais para este instrumento.   

Já o músico Maurício Ribeiro, do povoado Mumbuca, em Mateiros TO, traz a viola de buriti, projetada e fabricada pelo seu avô Antônio Biato. Esta viola tem características de formato e de som, bem peculiares, sendo pouco conhecida além do Estado de Tocantins.  

O Sonora Brasil é um projeto temático que leva ao público, programações os grupos musicais que nascem nas raízes do povo brasileiro, de forma que entre os grupos estão Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente, Quebradeiras de Coco Babaçu, Violas Caipiras, Violas Singulares e outros mais.

Fotos - Paulo Freire e Levi Ramiro/SESC
Anna Jailma - jornalista e blogueira

Nenhum comentário: