sexta-feira, 15 de julho de 2016

Galpão Cacimba das Artes tem Sexta Musical com Entrada Gratuita




Hoje em Caicó, o Galpão Cultural Cacimba das Artes traz apresentação musical – com Entrada Gratuita – de Anne Karine, a partir das 21h. O Galpão Cultural é um espaço que surgiu com muita garra, de artistas de Caicó, em especial de Jonas Linhares, idealizador. 

Por lá todos os artistas, das mais diversas modalidades, tem seu espaço para levar arte ao público.

Cia. Maria Cardoso - A Onça e O Bode

O lugar é amplo, com um clima de “braços abertos” para o público, e vem apresentando nos fins de semana uma nova opção cultural em Caicó, com dança, teatro, espetáculo circense, música, poesia e Café-Bar com o melhor da culinária seridoense, em cardápio bem diversificado.  


Recentemente foi destaque nas apresentações o espetáculo A Onça e o Bode, com a Companhia de Teatro Maria Cardoso: um sucesso com a criançada. 

O Galpão Cultural Cacimba das Artes vem destacando-se como espaço cultural que acolhe e diverte toda a família e funciona no alto do Batalhão, na Avenida Coronel Martiniano e nesta sexta-feira, tem MPB com Anne Karine – Entrada Gratuita. Não perca!

Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - Galpão Cacimba 

Alexandre Muniz é o Melhor Ator do Festival Internacional de Teatro em Blumenau

Alexandre Muniz e o Prêmio de Melhor Ator 


O Espetáculo P's da Cia. Trapiá de Caicó foi ao palco do Teatro Carlos Gomes, dia 10 de julho, no 29º Festival Internacional de Teatro Universitário de Blumenau - FITUB, em Santa Catarina, com o teatro lotado, com 900 pessoas, do Brasil, Argentina e Chile.

O resultado de P'S em Blumenau tem nome: Sucesso! O espetáculo recebeu Prêmio de Melhor Ator para Alexandre Muniz e duas Menções Honrosas da Comissão Julgadora: pela Pesquisa da Linguagem e pela Dramaturgia de Gregory Haertel, autor do texto com base na obra de Focault.

Inspirado em “Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão”, de Michel Foucault, o espetáculo provoca a reflexão e o debate em torno da memória, psiquiatria, justiça e amor desmedido.

P'S: Aglailson França ( trilha sonora), Custódio ( cenário e
figurino), Gregory (texto), Emanuel Bonequeiro (sonoplasta),
Alexandre (ator) e Lourival ( diretor)

Também estão em Blumenau, o professor Dr. Lourival Andrade, diretor do espetáculo; o maestro Aglailson França responsável pela concepção da trilha sonora; Emanuel Bonequeiro responsável pela execução da trilha sonora e Custódio Jacinto, do cenário, figurino e execução de Iluminação.

O texto é do dramaturgo Gregory Haertel de Blumenau, SC, e a concepção da iluminação é de Adriano Nunes, de Currais Novos, RN.

O espetáculo também foi um dos selecionados para o 8º Festival Nacional de Teatro de Jales no interior de São Paulo, ocorrido em maio deste ano.


Anna Jailma - jornalista e blogueira
Fotos - Cia Trapiá